Loulé expõe percurso de José Mendes Cabeçadas Júnior

Loulé expõe percurso de José Mendes Cabeçadas Júnior

400
PARTILHE
Exposição José Mendes Cabeçadas Júnior
Percorrendo alguns documentos do arquivo Mendes Cabeçadas, em depósito no Museu da Presidência da República, a autora traçará o perfil desse ilustre louletano que sempre se debateu pela defesa da República

A 28 de Maio, no dia em que passam 90 anos sobre a revolução militar que pôs fim à I República (28 de maio de 1926), Elsa Santos Alípio assinala a efeméride, evocando um dos protagonistas desse acontecimento, o louletano José Mendes Cabeçadas Júnior (1883-1965), numa conferência que decorre no Arquivo Municipal de Loulé, pelas 15 horas.

A Conferência “José Mendes Cabeçadas Júnior: um percurso em defesa da República (nos 90 anos do 28 de maio de 1926)”, integrada na rubrica “O Documento que se segue”, pretende mostrar quem foi e que percurso foi este que levou Mendes Cabeçadas a protagonizar dois momentos de ruptura do séc. XX português, antagónicos entre si: o 5 de Outubro de 1910 e o 28 de Maio de 1926.

Percorrendo alguns documentos do arquivo Mendes Cabeçadas, em depósito no Museu da Presidência da República, a autora traçará o perfil desse ilustre louletano que sempre se debateu pela defesa da República. Esse será o ponto de partida para um convite à reflexão sobre o significado e complexidade do 28 de Maio de 1926, um dos momentos estruturantes da nossa História recente.

Elsa Santos Alípio é licenciada em História (1994) e mestre em História Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2001).

- Pub -

Integra a equipa do Museu da Presidência da República desde o início da sua constituição. Nessa qualidade, tem desenvolvido a sua actividade de investigadora de temas do séc. XX português, designadamente sobre o presidencialismo português, sendo autora, entre outras obras, de uma fotobiografia sobre José Mendes Cabeçadas Júnior (2006).  

A autarquia de Loulé irá ainda promover uma exposição dedicada a este louletano que fez parte de um momento decisivo da História de Portugal, e que pode ser vista no Arquivo Municipal, até 1 de Julho.

José Mendes Cabeçadas Júnior nasceu na Lagoa de Momprolé, em Loulé, a 19 de Agosto de 1883. Militar e político, republicano conservador e maçon, morreu em Lisboa, no dia 11 de Junho de 1965. Participou na instauração da República, em 1910, na luta empenhada contra o Estado Novo, sobretudo a partir da década de 1940, facto que acabará por ditar a sua prisão e julgamento. Exerceu o cargo de Presidente da República Portuguesa no breve período entre 31 de Maio de 1926 e 17 de Junho do mesmo ano, data do golpe de Gomes da Costa. Mas o facto que trouxe Mendes Cabeçadas para a ribalta da História foi o papel destacado na preparação e desenrolar do golpe de 28 de maio de 1926.

Através de documentos de arquivo e peças museológicas pretende-se dar a conhecer a carreira militar, política e a vida familiar de José Mendes Cabeçadas Júnior.

Facebook Comments

Comentários no Facebook