Maior queijo fresco de cabra de raça algarvia concorre ao Guinness

Maior queijo fresco de cabra de raça algarvia concorre ao Guinness

607
PARTILHE
Cento e setenta litros de leite, cerca de um quilo e meio de sal e cerca e 25 gramas de cardo são os ingredientes do maior queijo fresco de cabra algarvia de que há registo
Cento e setenta litros de leite, cerca de um quilo e meio de sal e cerca e 25 gramas de cardo são os ingredientes do maior queijo fresco de cabra algarvia de que há registo

Cerca de 38 quilos era quanto pesava o queijo fresco feito de leite de cabra de raça algarvia – o maior de que há registo -, apresentado este sábado, dia 21 de Maio, na Feira Terra de Maio, no Centro Multiusos do Azinhal.

Com 90 centímetros de diâmetro e cerca de 250 vezes maior do que o normal, de 160/180 gramas, a confecção do queijo fresco envolveu duas pessoas ao longo de cerca de duas horas e meia. “Agora que está feito até parece simples”, diz Ana Rosa, membro da Queijaria do Azinhal, responsável pelo trabalho.

Cento e setenta litros de leite, cerca de um quilo e meio de flor de sal marinho de Castro Marim e cerca e 25 gramas de cardo são os ingredientes que originaram o queijo fresco que, segundo a vice-presidente do município, irá concorrer ao Guinness World Records. “Vamos tentar inscrever o queijo no Guinness porque não há registo de um queijo fresco de cabra algarvia tão grande como este”, refere Filomena Pascoal Sintra.

O queijo foi feito com 170 litros de leite de cabra de raça algarvia
O queijo foi feito com 170 litros de leite de cabra de raça algarvia

“Em relação ao sabor, não há grandes alterações relativamente aos queijos pequenos. A única particularidade é que foi feito em quatro partes, três delas com queijo simples e uma com adição de orégãos”, afirma Ana Rosa.

A iniciativa foi proposta pela Câmara de Castro Marim, que inicialmente desafiou a Queijaria do Azinhal a fazer um queijo com esta dimensão ao vivo mas que, devido a “questões de conservação da qualidade”, não foi possível. Esta foi uma actividade inserida na 9ª edição da Feira Terra de Maio, que termina este domingo, dia 22.

Foi a primeira vez que a Queijaria do Azinhal fez um queijo com estas dimensões. “Felizmente o desafio correu bem e foi um sucesso tão grande que vamos deixar de comercializar os queijos mais pequenos e vamos passar a vender só queijos de um metro”, diz Ana Rosa, em tom de brincadeira.

(Com Ricardo Claro)

Facebook Comments

Comentários no Facebook