Portugal vai contar com mais médicos de família até Setembro

Portugal vai contar com mais médicos de família até Setembro

371
PARTILHE
Centro hospitalar vai receber 2,2 milhões de euros que lhe permite iniciar a gestão dos Serviços de Urgência Básica a partir de 1 de Agosto
Em declarações aos jornalistas, durante uma visita ao hospital de Portalegre, o governante afirmou que, “até Agosto/Setembro”, vão ser colocados profissionais de norte a sul do país

O secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, assegurou esta quarta-feira que o país vai contar até Setembro com mais médicos de família, reconhecendo que a sua falta é um “problema” no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Isso é um problema e nós temos que preencher logo que possível as vagas de médicos de família. E aqui, a boa notícia, é que nós vamos ter médicos de família novos, a sair da sua formação, durante o mês de Junho”, disse.

Em declarações aos jornalistas, durante uma visita ao hospital de Portalegre, o governante afirmou que, “até Agosto/Setembro”, vão ser colocados profissionais de norte a sul do país e que “alguns deles” vão exercer no Alentejo. Manuel Delgado não especificou quantos médicos de família vão entrar no SNS, assegurando apenas que será um “número significativo”.

Lamentando a existência de utentes sem médico de família, o secretário de Estado sublinhou que no Alentejo vive-se “alguma discrepância” nesta matéria.

- Pub -

“Aqui no Alentejo há alguma discrepância. Por exemplo, na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano só oito por cento da população é que não tem médico de família, o que é muito bom”, enalteceu.

O secretário de Estado da Saúde, que iniciou hoje uma visita de dois dias ao Alentejo, dando “ênfase” aos cuidados de saúde primários, explicou que a sua deslocação pretende “não só identificar os sucessos, mas também identificar os problemas” relacionados com o sector.

“Há aqui um sinal, no Alentejo, desde o ano passado para este que é positivo. Em termos gerais, diminuiu o número de atendimentos nas urgências, o que é sinal de que, eventualmente, do ponto de vista da resposta mais programada, as coisas melhoraram”, afirmou.

Esta quarta-feira em Portalegre, o governante inaugurou as novas instalações do hospital de dia do Hospital José Maria Grande, unidade que está em funcionamento desde Novembro de 2015, visitando de seguida o serviço de cirurgia.

Manuel Delgado visitou depois a Unidade de Saúde Familiar (USF) “Raia Maior”, em Campo Maior, fechando a manhã com a apresentação de um projecto de intervenção, relativo a clínica de alta resolução, no Hospital de Santa Luzia, em Elvas.

Durante a tarde de hoje, o governante visita, no hospital de Beja, os serviços de consulta externa, imagiologia e de psiquiatria.

Na quinta-feira, Manuel Delgado tem agendada uma reunião com o conselho directivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo e uma visita ao Laboratório de Saúde Pública de Évora.

À tarde, marca presença na tomada de posse do novo conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano e visita os serviços de urgência e de consultas externas do Hospital do Litoral Alentejano, no concelho de Santiago do Cacém.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook