Preços na saúde privada em Portugal são ‘claramente excessivos’

Preços na saúde privada em Portugal são ‘claramente excessivos’

405
PARTILHE
Taxas moderadoras em atraso na mira do Estado
Carlos Baptista considera que alguns preços na saúde privada vão ter de descer

O director-geral da ADSE afirmou esta sexta-feira que os preços na saúde privada em Portugal são “claramente excessivos”, comparados com “as práticas internacionais” e tendo em conta “a capacidade financeira da população”, considerando que alguns vão ter de descer.

Carlos Baptista falava à agência Lusa a propósito das alterações na tabela da ADSE aplicável ao regime convencionado, que entra em vigor a 1 de Junho. Estas mudanças, que o director-geral da ADSE considera fundamentais para assegurar a sustentabilidade do subsistema de saúde dos funcionários públicos, vão traduzir-se numa redução de custos de quatro milhões de euros para o subsistema e de um milhão de euros para os beneficiários, por ano.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook