Projecto ‘Loulé Criativo’ é finalista nos Prémios ‘Município do Ano 2016’

Projecto ‘Loulé Criativo’ é finalista nos Prémios ‘Município do Ano 2016’

445
PARTILHE
Projecto ‘Loulé Criativo’ contribui para a revitalização das artes tradicionais
Projecto ‘Loulé Criativo’ contribui para a revitalização das artes tradicionais

Loulé é um dos quatro finalistas do Algarve candidato aos Prémios “Município do Ano Portugal 2016”, que visam reconhecer as boas práticas dos municípios portugueses, no âmbito de uma iniciativa levada a cabo pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades.

“Loulé Criativo” é o projecto com qual a Câmara de Loulé concorre a este galardão, que conta com 36 candidatos de norte a sul do país, divididos por nove regiões. Trata-se de uma aposta na valorização da identidade do território do concelho de Loulé, tendo como força motriz a criatividade e a inovação. Apoia a formação e actividade de artesãos e profissionais do sector criativo, contribuindo para a revitalização das artes tradicionais e para a dinamização de novas abordagens ao património imaterial. Uma das vertentes desta iniciativa é o Turismo Criativo, sendo que Loulé é a primeira cidade portuguesa a aderir à Rede Internacional de Turismo Criativo.

loulé criativo

De salientar que são objectivos dos “Prémios Município do Ano Portugal 2016” reconhecer e premiar as boas práticas em projectos implementados pelos municípios com impactos assinaláveis no território, na economia e na sociedade, que promovam o crescimento, a inclusão e/ou a sustentabilidade; colocar na agenda a temática da territorialização do desenvolvimento, perspectivada a partir da acção dos municípios; dar visibilidade e reconhecer, em diferentes categorias, realidades diversas que incluam as cidades de maior dimensão, mas também os territórios de baixa densidade nas diferentes regiões do país.

- Pub -

Os vencedores por região e o grande vencedor a nível nacional serão conhecidos a 3 de Junho, numa cerimónia que acontece no Forte do Beliche, em Sagres, concelho de Vila do Bispo.

Facebook Comments

Comentários no Facebook