Sistema frigorífico solar laboratorial da UAlg financiado por associação norte-americana

Sistema frigorífico solar laboratorial da UAlg financiado por associação norte-americana

348
PARTILHE
A originalidade do projecto está a permitir o desenvolvimento de mais patentes na área
A originalidade do projecto está a permitir o desenvolvimento de mais patentes na área

A American Society of Heating, Refrigerating and Air-conditioning Engineering (ASHRAE) atribuiu um financiamento à Universidade do Algarve para projectar e construir um sistema frigorífico solar laboratorial. “O projecto, iniciado há muitos anos, integra-se na área da energia e do ambiente e permite desenvolver sistemas frigoríficos e de ar-condicionado mais ecológicos, obtendo frio através da radiação solar”, explica a UAlg em comunicado de imprensa enviado à nossa redacção.

Este financiamento, atribuído à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve e à Delegação Regional da ASHRAE Students em Faro (instalada na mesma Faculdade), com o apoio da ASHRAE Portugal Chapter, “permite quer a melhoria das condições de investigação numa perspectiva de climatização ambiental mais ecológica, quer a melhoria das condições de ensino nestas áreas, nomeadamente para os alunos do mestrado integrado em Engenharia do Ambiente e do mestrado em Energias Renováveis e, também, para os alunos de doutoramento na área da Energia”, acrescenta aquela instituição de ensino superior.

A originalidade do projecto, coordenado por Eusébio Conceição, professor da Faculdade de Ciências e Tecnologia, e dos métodos aplicados na construção deste equipamento estão a permitir o desenvolvimento de mais patentes nesta área.

Para além do desenvolvimento do protótipo experimental do frigorífico solar laboratorial, baseado no ciclo amoníaco-água, que contou com o apoio dos Serviços Técnicos da Universidade do Algarve, de várias empresas locais e de universidades estrangeiras, estão ainda a ser desenvolvidos sistemas de ar condicionado aplicados a edifícios com topologia complexa.

- Pub -

O projecto agora desenvolvido, iniciado anteriormente pela equipa, já está a ter uma continuidade com empresas locais, contando também com apoio de empresas e universidades estrangeiras, na aplicação destes sistemas mais ecológicos em edifícios.

Devido à originalidade do projecto, a própria ASHRAE Students norte-americana financiou a deslocação de duas alunas do mestrado integrado em Engenharia do Ambiente para apresentar o projecto na “2016 ASHRAE Winter Conference”, que teve lugar em Orlando.

Facebook Comments

Comentários no Facebook