Performance-conferência ‘Colecção de Amantes’ no Cine-Teatro Louletano

Performance-conferência ‘Colecção de Amantes’ no Cine-Teatro Louletano

340
PARTILHE
Raquel André é uma coleccionadora de intimidades ficcionadas
Raquel André é uma coleccionadora de intimidades ficcionadas

O Cine-Teatro Louletano apresenta no próximo sábado, dia 11, pelas 21.30 horas, a performance-conferência “Colecção de Amantes”, de Raquel André, a qual estreou, com assinalável impacto e sucesso, em Setembro do ano passado, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, sendo Loulé o palco para a segunda apresentação pública deste projecto em Portugal.

“Colecção de Amantes” é sobre encontros. Raquel André é uma coleccionadora de intimidades ficcionadas. Marca encontros em apartamentos desconhecidos, com desconhecidos, e durante uma hora ficciona uma intimidade de quem se conhece há vários anos. Entre o Rio de Janeiro, Lisboa e Ponta Delgada já soma 90 encontros, e a colecção vai chegar à centena de participantes em Loulé.

Amantes são o elenco protagonista do espectáculo

Estes amantes são o elenco protagonista do espectáculo através do registo fotográfico destas sessões. Raquel, a coleccionadora obsessiva, guarda estas pessoas como objectos raros de uma colecção peculiar – a catalogação do efémero. E cria um espectáculo com narrativas reais e ficcionadas do que esta colecção pode significar e projectar – porque, afinal, o que se procura quando se encontra alguém?

- Pub -

“Colecção de Amantes” poderia também ser um desses dispositivos que tão pacificamente introduzimos nas nossas vidas e onde nos tornámos peritos a ficcionar intimidades – e-mail, facebook, instagram, tinder, grindr… –, onde publicamos, “postamos”, produzimos conteúdos: o que comemos, quem beijamos, o que visitamos, o que pensamos, o que lemos, o que não gostamos e gostamos, traduzindo-se em views, likes e comments. Esta colecção é um dispositivo que tenta dar conta dos terabytes de informação em cada minúsculo movimento do outro e Raquel André propõe ampliá-la em espectáculo. Um espectáculo sobre a intimidade, e para isso Raquel André faz uma recolha de possíveis e impossíveis encontros íntimos – todos reais e todos mentira.

O projecto surgiu durante o primeiro ano da sua pesquisa de mestrado – “O Coleccionismo nas Artes Performativas ou Como Encontrar o Outro” (Programa de Mestrado em Artes da Cena na Universidade Federal do Rio de Janeiro, com Bolsa de Estudos da Fundação Calouste Gulbenkian) -, em que propôs criar uma colecção de origem, neste caso uma colecção de encontros, e a partir dessa colecção criar um espectáculo, usando o palco para “contar” a sua colecção, os seus encontros, as histórias dos seus amantes.

Inscrições abertas para participar nos encontros

Estão abertas oito vagas para os interessados em participar nos encontros com Raquel André, a qual já lançou o apelo: “Quero convidar-te para um encontro, apenas nós dois, num apartamento desconhecido para ambos. Convido-te para, durante uma hora, ficcionarmos uma intimidade, criarmos uma situação ficcionada do que é uma intimidade para ti numa relação a dois, e documentarmos esse momento com, pelo menos, uma fotografia. Esta Colecção é uma vertigem das possibilidades de um encontro entre duas pessoas. Será um prazer conhecer-te. Convido todas as pessoas interessadas a fazerem parte desta Colecção: de todos os géneros, maiores de 18 anos. Eu não saberei quem se inscreve”.

Para as inscrições os interessados devem enviar, durante o dia de hoje, 6 de Junho, um email com o nome completo, contacto telefónico, idade e profissão para cinereservas@cm-loule.pt, sendo depois contactados para definição do local e horário do encontro. Os dias dos encontros são 7 e 8 de Junho, tendo as sessões os seguintes horários (nos dois dias): 14 às 15 / 15.20 às 16.20 / 16.40 às 17.40 / 18 às 19 horas.

A performance-conferência a ser apresentada no dia 11 de Junho abordará os participantes de Loulé, fazendo igualmente uma retrospectiva sobre os 90 amantes que Raquel André já coleccionou no âmbito deste projecto. A sessão terá a duração aproximada de 60 minutos, dirige-se a maiores de 16 anos e tem um custo associado por pessoa de 7 euros, sendo de 5 euros para maiores de 65 e menores de 30 anos. Os detentores de Cartão de Amigo do Cine-Teatro têm um desconto de 40% sobre o valor normal do bilhete.

Colecção de Amantes é uma criação de Bernardo de Almeida e Raquel André, numa co-produção entre o Teatro Nacional D. Maria II e o TEMPO_Festival das Artes (Brasil),

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13 às 18 horas) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de facebook ou o seu website http://cineteatro.cm-loule.pt, em permanente actualização, onde também existe a possibilidade de compra on-line de ingressos através da plataforma BOL, em www.bol.pt.

Facebook Comments

Comentários no Facebook