CMR Sul testa resposta em caso de emergência

CMR Sul testa resposta em caso de emergência

427
PARTILHE
A chegada dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel ao CMR Sul para o simulacro

Foi sob o olhar atento dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel que o Centro de Medicina e Reabilitação do Sul (CMR Sul) testou a capacidade de resposta dos profissionais da instituição a uma situação de emergência.

O simulacro pretendeu avaliar as soluções preconizadas para casos de emergência, nomeadamente de evacuação do edifício em caso de incêndio, que envolvam as instalações desta unidade de saúde onde os doentes têm em grande parte dos casos dificuldades de locomoção.

Profissionais, utentes e forças de socorro no exterior do CMR Sul cumprindo as regras de aglomeração nos pontos de encontro fora do edifício para uma evacuação organizada

Este exercício de simulacro é realizado anualmente e envolveu todos os profissionais de saúde, utentes e familiares que se encontravam na unidade no momento. Foram colocados em prática os procedimentos habituais, designadamente a localização e isolamento do foco de incêndio, a organização por parte da equipa dos profissionais de saúde para evacuar todas as pessoas do edifício, testando a comunicação, circuitos internos e pontos de encontro no exterior do edifício.

Para a realização deste simulacro o CMR Sul contou com a colaboração dos bombeiros locais que participaram como observadores externos para avaliar o exercício e deixar algumas recomendações com vista a garantir que o plano de emergência de risco de incêndio da unidade cumpre todos as normas de procedimento e segurança.

- Pub -

No final os representantes dos bombeiros, enalteceram a importância deste tipo de exercícios, que contribuem para afinar procedimentos e garantir a máxima segurança para os profissionais e utentes.

Os bombeiros no interior das instalações do CMR Sul durante o simulacrto

Os soldados da paz de São Brás, que terão a responsabilidade de resposta de primeira linha em caso de se verificar um incêndio nas instalações do CMR Sul, destacaram – refere a nota informativa da ARS Algarve – “a participação responsável e activa de todos os profissionais envolvidos no exercício e as melhorias verificadas de ano para ano, manifestando a disponibilidade para continuarem a colaborar com a unidade neste tipo de iniciativas”.

Em caso de resposta a uma situação real os bombeiros de São Brás de Alportel encontram-se a três quilómetros de distância do local com um tempo de resposta que pode variar entre os cinco e os dez minutos.

Recorde-se que o CMR Sul se encontra numa zona integralmente envolvida por arvoredo e que São Brás de Alportel é um concelho onde os incêndios têm marcado presença ao longo dos anos com grande violência, assim o fogo e a necessidade de uma resposta de emergência adequada tanto pode nascer de uma situação gerada internamente nas instalações da unidade de saúde, como de uma situação de incêndio florestal. 

Facebook Comments

Comentários no Facebook