CUVI volta a protestar contra portagens na Via do Infante

CUVI volta a protestar contra portagens na Via do Infante

397
PARTILHE
A CUVI prepara-se para novos protestos contra as portagens na A22
A CUVI prepara-se para novos protestos contra as portagens na A22

“Urge acabar com as portagens no Algarve”. Quem lança o alerta é a Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI), que vai intensificar a luta contra as portagens durante o Verão. As primeiras acções ocorrem durante dois dias na EN125.

No próximo dia 19 será feita uma distribuição de panfletos aos utentes e população de Lagoa e uma concentração de protesto, a partir das 17.30 horas, junto à rotunda em obras desta localidade, na EN 125. No dia seguinte, pelas 11 horas, será colocado um memorial para assinalar as vítimas que faleceram, junto ao cruzamento de Pêra/Algoz, e que, “inexplicavelmente, não terá qualquer rotunda construída”, lamenta a CUVI.

Ainda no dia 20, a partir das 17.30 horas, será feita uma outra concentração de protesto no centro de Fonte de Boliqueime, junto à rotunda em obras, com deslocação até à Patã. “Outras acções se seguirão durante o Verão, algumas de surpresa”, adianta a Comissão.

A CUVI refere ainda que “além de terem agravado a crise económica e social, as portagens têm provocado muito sofrimento ao Algarve e às suas populações, com destaque para a ocorrência de muitos acidentes de viação, em particular na EN125”. “São cerca de 10 mil acidentes anuais, com uma média de 35 vítimas mortais e 160 feridos graves”, conclui.

Facebook Comments

Comentários no Facebook