Exposição fotográfica ‘nordeste algarvio’ patente no Teatro das Figuras

Exposição fotográfica ‘nordeste algarvio’ patente no Teatro das Figuras

428
PARTILHE
A exposição fotográfica de Luís Pavão está patente no Teatro das Figuras até 31 de Agosto
A exposição fotográfica de Luís Pavão está patente no Teatro das Figuras até 31 de Agosto

A exposição “nordeste algarvio”, do fotógrafo Luís Pavão e com curadoria de Nuno Faria, inaugurou no dia 25 de Maio no Teatro das Figuras, em Faro, e está patente até ao dia 31 de Agosto.

Durante a década de 1980, Luís Pavão realizou um alargado e demorado conjunto de incursões a vários concelhos na serra do Caldeirão, em território algarvio. Sozinho ou acompanhado de Cristiana Bastos, antropóloga que estudou as vivências, formas de povoamento e de exploração e os processos de transformação deste singular território em que a ruralidade e uma economia de subsistência perduravam e, em grande medida, ainda perduram, Luís Pavão documentou em imagem, de forma sistemática e alargada, com carácter etnográfico, as pessoas e as suas práticas, os lugares, as edificações e os gestos quotidianamente repetidos.

Luís Pavão tem uma vasta experiência em fotografia
Luís Pavão tem uma vasta experiência em fotografia

Luís Pavão tem-se dedicado à fotografia e à conservação de arquivos de fotografia. Dedica parte do seu tempo ao estudo e investigação dos processos históricos de fotografia, tendo realizado diversas exposições e oficinas nestes processos.

Em 1982 foi fundador da LUPA, Luís Pavão Limitada, empresa especializada em fotografia, nos ramos de fotografia de arquitectura e fotografia etnológica e posteriormente nas áreas de conservação e digitalização de colecções de fotografia. Como responsável técnico científico da empresa, participou em vários projectos de conservação, descrição e digitalização de colecções de fotografia para inúmeras instituições portuguesas, publicas e privadas, que detém colecções. Exercício de actividade como conservador restaurador para diversos coleccionadores privados.

Em 1982, o autor fundou uma empresa especializada de fotografia
Em 1982, o autor fundou uma empresa especializada de fotografia
- Pub -

Desde 1991 é conservador das colecções de fotografia do Arquivo Municipal de Lisboa (Arquivo Fotográfico). Leccionou na escola ARCO desde 1990 a 2001 (curso de fotografia) e no Instituto Politécnico de Tomar, desde 2002 a 2015, (licenciatura em fotografia), leccionando disciplinas de tecnologias, processos fotográficos históricos e conservação de fotografia.

Toda a programação, bem como informação relativa a preços, reservas e vendas online, está disponível no site do Teatro das Figuras.

Facebook Comments

Comentários no Facebook