Jorge Botelho destaca cumprimento do programa eleitoral no Dia da Cidade

Jorge Botelho destaca cumprimento do programa eleitoral no Dia da Cidade

413
PARTILHE
“Uma terra que não respeite a sua história não tem futuro”, garante o autarca

Perto de atingir sete anos de actividade, o presidente da Câmara de Tavira aproveitou a Sessão Solene da Comemoração do Dia da Cidade para destacar o “longo e difícil caminho que este executivo tem percorrido, com o objectivo de cumprir o programa eleitoral sufragado pelos tavirenses”. “O que para nós é normal mas nem sempre assim foi”, referiu Jorge Botelho, presidente da autarquia.

O edil deu especial destaque para as obras de reabilitação urbana que a autarquia tem vindo a desenvolver, bem como à aposta e financiamento do sector da educação

Na cerimónia o autarca relembrou que “o passivo bancário municipal reduziu mais de 50% neste período de tempo” e que “foi restabelecida a capacidade de endividamento e a Câmara deixou de ter dívidas a curto prazo, pagando a tempo e horas os seus fornecedores”. Frisando que o importante agora é “investir nos habitantes, de todas as idades”.

O edil deu especial destaque às obras de reabilitação urbana que a autarquia tem vindo a desenvolver, bem como à aposta e financiamento do sector da educação, e ainda à remodelação dos edifícios históricos e melhoramento dos equipamentos públicos.

“Tavira investe nas pessoas, nos habitantes de todas as idades e na promoção da igualdade de oportunidades. Criámos uma equipa de apoio social pluridisciplinar para acompanhamento dos percursos e despiste de problemas dos jovens estudantes, transportamos diariamente centenas de alunos com meios municipais, fazemos refeições escolares diariamente e localmente, oferecemos nos últimos cinco anos o material escolar a todos os alunos do ensino público até ao quarto ano, medida que se mantém no próximo ano lectivo”, realçou Jorge Botelho.

- Pub -

“Uma terra que não respeite a sua história não tem futuro”, afirmou o autarca, e por isso “tem sido realizado um investimento na remodelação dos edifícios históricos e melhoramento dos acessos”, disse.

Jorge Botelho demonstrou especial preocupação para com os contratos de concessão para a exploração de petróleo no Algarve, apelando para a necessidade de “lutar pela sua rescisão”

O autarca aproveitou a cerimónia para referir a “falta de apoio do poder central” que só pode ser ultrapassada se “em união forem encontradas formas de superar os constrangimentos estruturais que ainda limitam o investimento, tendo em vista promover o crescimento e a criação de empregos”, sugere.

Jorge Botelho demonstrou ainda especial preocupação para com os contratos de concessão para a exploração de petróleo no Algarve, apelando para a necessidade de “lutar pela rescisão dos contratos celebrados pelo anterior governo e pela implementação de energias limpas e renováveis, promovendo o ambiente, a qualidade de vida, o nosso património das paisagens culturais e a pureza das nossas praias”.

Presidente da autarquia agradeceu aos homenageados por serem “um exemplo de dedicação e despreendimento”

A cerimónia ficou ainda marcada pela entrega de medalhas de mérito Grau Prata e Cobre na qual o presidente da autarquia agradeceu aos homenageados por serem “um exemplo de dedicação e despreendimento”. 

Nas comemorações estiveram presentes os presidentes de Junta de Freguesia do concelho, o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, o Comandante do Regimento de Infantaria nº 1, o Comandante do Porto de Tavira e os Comandantes locais das forças de Segurança PSP e GNR.

As comemorações do Dia da Cidade encerram com um concerto de Miguel Araújo esta sexta-feira, pelas 22 horas, na Praça da República de Tavira.

(Com Ricardo Claro)

Facebook Comments

Comentários no Facebook