Loulé é o município algarvio do ano

Loulé é o município algarvio do ano

376
PARTILHE
No concelho de Loulé foram caracterizados 72.875 prédios rústicos e urbanos
O galardão de Município do Ano tem como objectivo de reconhecer e premiar as boas práticas em projectos implementados pelos municípios com impactos assinaláveis no território

O projecto “Loulé Criativo” valeu a Loulé o galardão de Município do Ano da região algarvia, prémio atribuído pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades, numa cerimónia realizada no Forte do Beliche, em Sagres, no dia 3 de Junho.

Com o objectivo de reconhecer e premiar as boas práticas em projectos implementados pelos municípios com impactos assinaláveis no território, na economia e na sociedade, que promovam o crescimento, a inclusão e/ou a sustentabilidade, esta iniciativa premiou 9 municípios, um por cada região de Norte a Sul do país. A nível nacional o grande vencedor foi o município do Fundão.

A decisão final coube a um júri nacional constituído por nove personalidades independentes e provenientes de áreas diversas nomeadamente por Paulo J. S. Cruz, presidente do júri e professor da Universidade do Minho; Adelino Soares, presidente da Câmara de Vila do Bispo; Catarina Selada, directora da Unidade de Cidades da Inteli e coordenadora da plataforma Smart Cities Portugal; David Pontes, jornalista, subdirector do Jornal de Notícias; José Rio Fernandes, professor da Universidade do Porto; João Guerreiro, professor e ex-Reitor da Universidade do Algarve; Teresa Heitor, professora do Instituto Superior Técnico; Tomaz Dentinho, professor Universidade dos Açores e presidente APDR; e Vítor Cavaleiro, professor e ex-Vice-Reitor da Universidade da Beira Interior.

(Com Ricardo Claro)

Facebook Comments

Comentários no Facebook