‘Noites d’Encanto’ estão de volta a Cacela Velha

‘Noites d’Encanto’ estão de volta a Cacela Velha

440
PARTILHE
Mais de 70 artesãos de diferentes culturas e credos irão mostrar aos visitantes as suas tradições

Os sons, os cheiros, as cores e as tradições do Mediterrâneo regressam à vila histórica de Cacela Velha, entre os dias 14 e 17 de Julho, em mais uma edição das “Noites d’Encanto”.

Durante quatro dias, entre as 18 horas e a meia-noite, os recantos de Cacela Velha irão receber coloridos mercados (souk), salões de chá, exposições, conversas, dança e música, recriando a tolerância e a convivialidade da história do antigo al-Andalus.

Com a Ria Formosa como pano de fundo, o evento revisita os tempos em que a população moura tinha um importante peso no sul do território, cujas marcas ainda hoje estão presentes nos hábitos, nos costumes e nas paisagens.

Mais de 70 artesãos de diferentes culturas e credos irão mostrar aos visitantes as suas tradições, trazendo produtos tão diversos como tapetes, acessórios de decoração, chás e especiarias, trabalhando ao vivo as artes que herdaram do legado islâmico.

- Pub -

Nesta edição, a música Gnawa, um dos principais géneros do folclore de Marrocos, que se caracteriza pelo uso de cantos, danças e rituais sincréticos para atingir um estado de transe, estará em destaque nas ruas de Cacela Velha.

A programação reserva também lugar para sessões de dança tribal com fogo, um workshop de instrumentos de percussão do mundo árabe, um workshop de dança oriental, bem como a exposição “Mouras Encantadas”, de Sofia Pinto Correia.

Em cartaz, destaca-se igualmente a actuação do multi-instrumentista Emilio Villalba, que apresentará diariamente, na igreja de Cacela Velha, um programa de músicas de Al-Andalus interpretadas com instrumentos históricos de enorme beleza visual e sonora.

Como vem sendo hábito, o Cemitério Antigo de Cacela Velha voltará a converter-se num salão de chá e de jogos de tabuleiro, que representam uma das faces lúdicas da actividade humana, desde tempos imemoriais, cujo legado nos foi deixado por cristãos e árabes.

Ainda no centro da vila histórica, a Casa do Pároco irá receber, nos dias 15 e 16 de Julho, pelas 19.30 horas, duas conversas descontraídas sobre “Anda Mouro na Costa – A pirataria na costa algarvia” com o historiador Hugo Cavaco, e «Provérbios à roda do Mediterrâneo», com Rui e Marinela Soares.

Nas “Noites d’Encanto” a gastronomia terá sempre um espaço de relevo, com alguns clássicos da cozinha marroquina, como couscous, espetadas e kebab.

Em paralelo, e pelo terceiro ano consecutivo, irá realizar-se o Concurso de fotografia “Momentos d’Encanto”, no qual os visitantes irão tentar captar a foto que melhor defina as Noites d’Encanto.

Facebook Comments

Comentários no Facebook