Nova nota de 50 euros é apresentada a 5 de Julho

Nova nota de 50 euros é apresentada a 5 de Julho

497
PARTILHE
Comparando com outros países da União Europeia "Portugal é um dos países em que o peso dos impostos indirectos na carga fiscal é elevado
A nota de 50 euros é a mais utilizada, e uma das mais falsificadas

O Banco Central Europeu e os bancos centrais nacionais da zona euro, que em conjunto formam o Eurosistema, vão apresentar ao público a nova nota de 50 euros da série Europa em 5 de Julho.

O Banco Central Europeu (BCE) informou esta quinta-feira que “está previsto que a nova nota entre em circulação na primavera de 2017”.

Fabricantes de máquinas de notas, associações industriais e o BCE assinaram um memorando de entendimento para assegurar que as máquinas fornecedoras e outras receptadoras venham a aceitar a nova nota de 50 euros a partir da data de emissão.

“O Eurosistema e os nossos colaboradores do sector iniciaram os preparativos para a introdução da nova nota de 50 euros com antecipação, para assegurar que as empresas tenham tudo pronto para que os cidadãos possam utilizar as novas notas sem problemas em qualquer lugar a partir do dia em que sejam emitidas”, sublinhou o director de Notas do BCE, Ton Roos.

A nota de 50 euros é a mais utilizada, e uma das mais falsificadas. No ano passado, foram retiradas de circulação 301.162 notas de 50 euros contrafeitas no espaço da zona euro (2405 em Portugal), um número apenas superado pelas notas de 20 euros (451.077 no eurosistema).

Em Portugal, a nota de 50 euros não é das mais utilizadas. De acordo com os últimos dados do Banco de Portugal, “a presença da nota de 50 euros tem sido pouco significativa” nas caixas de levantamento automático.

Da totalidade das notas em euros em circulação a nível global, mais de 8000 milhões, cerca de 45%, são de 50 euros, segundo dados do BCE. A nova nota de 50 euros segue-se à mudança que já ocorreu nas notas de menor denominação. 

Mais difíceis de falsificar, as novas notas pertencem à série Europa, e entram em circulação ao lado das suas antecessoras. A mais recente foi a de 20 euros, introduzida a 25 de Novembro do ano passado, depois das notas de 5 (Maio de 2013) e 10 euros (Setembro de 2014). Depois, será a vez da nota de 100 euros.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook