Baixa Street Fest começa hoje em Faro

Baixa Street Fest começa hoje em Faro

588
PARTILHE
O Baixa Street Fest pretende animar a zona comercial às sextas-feiras num teste a procura e à resiliência da oferta numa cidade que se quer com ‘movida’

A Baixa de Faro inicia hoje o período de oito sextas-feiras em que cerca de 80 espaços comerciais vão estar abertos até à meia noite. Tem assim início o Baixa Street Fest, a iniciativa de dinamização comercial da baixa que a Câmara, associações empresariais e comerciantes levam a cabo de hoje até à última semana de Agosto.

A experiência que pode tornar-se um tubo de ensaio para horários mais alargados do comércio na baixa da cidade conta além de iluminação decorativa colorida, com um programa de animação e pretende ser uma melhoria da oferta comercial no centro comercial a céu aberto que é a zona pedonal da baixa de Faro.

Sextas-feiras da baixa ganham designação de ‘Baixa Street Fest’

Paulo Santos aposta na dinamização do comércio numa cidade a crescer do ponto de vista turístico

Paulo Santos, vice-presidente da autarquia e o homem por detrás das negociações que permitiram avançar com a iniciativa, realça que “é notório que a baixa da cidade se está a requalificar e a reviver após o período de crise que atravessámos”.‘Baixa Street Fest’ é o chavão que a Câmara escolheu para esta iniciativa de quase dois meses de horário alargado que foi negociada com a Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve (AIHSA) e Associação de Comércio da Baixa de Faro.

- Pub -

Um movimento que a Câmara quer fomentar e apoiar com esta que é “uma tentativa estruturada de assumir uma lógica de desenvolvimento e de reforço da posição da baixa enquanto pólo de atracção e de fomento económico da cidade”, refere o responsável da autarquia.

Passaporte solidário incentiva ao consumo e soma vantagens para os consumidores

Quem visitar a baixa nestes dias pode fazer-se acompanhar de um passaporte onde serão apostos carimbos aquando das compras pelos comerciantes. Estes mesmos carimbos ajudarão os consumidores a ganhar vantagens em vários dos serviços disponibilizados pela autarquia aos munícipes e visitantes.

Aspecto da iluminação decorativa que entra hoje em funcionamento na baixa de Faro

Ao comprar o passaporte por um euro que reverterá para uma instituição social do concelho, os consumidores poderão desde logo escolher a instituição de solidariedade social que desejam ver apoiada e a partir daí começar a somar vantagens. As piscinas, o centro náutico e o teatro municipal são apenas alguns dos exemplos de Paulo Santos de casos onde os carimbos vão valer como benefícios para os consumidores da baixa.

A aposta, diz Paulo Santos, é a de “dinamizar a baixa para que a cidade tenha uma oferta qualificada e adequada ao crescimento turístico que tem tido nos últimos tempos”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook