Faro sob ‘Aviso Amarelo’ devido aos valores elevados da temperatura máxima

Faro sob ‘Aviso Amarelo’ devido aos valores elevados da temperatura máxima

443
PARTILHE
O ‘Aviso Amarelo’ é o terceiro mais grave numa escala de quatro

Faro está hoje sob ‘Aviso Amarelo’ devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o instituto, o distrito de Faro está sob ‘Aviso Amarelo’ desde as 21 horas de domingo e até às 22 horas de hoje.

O ‘Aviso Amarelo’ é o terceiro mais grave numa escala de quatro e significa “risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica”.

Quanto ao estado do tempo para o continente, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral centro e na região norte até ao fim da manhã e vento em geral fraco predominando de noroeste, soprando moderado a forte com rajadas até 65 quilómetros por hora no litoral oeste, em especial a sul do Cabo Carvoeiro e durante a tarde, e nas terras altas.

- Pub -

Está também previsto neblina ou nevoeiro matinal, em especial no litoral a norte do Cabo Raso e descida de temperatura, mais significativa nas regiões do interior.

Para a Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, apresentando-se pouco nublado nas vertentes sul e vento fraco a moderado de norte, soprando temporariamente moderado a forte nordeste nas terras altas.

Para os Açores, a previsão aponta para céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros pontualmente fortes, neblinas e vento fraco a bonançoso.

Quanto às temperaturas, em Faro vão oscilar entre 22 e 35 graus Celsius, no Porto entre 15 e 22, em Vila Real entre 13 e 26, em Viseu entre 13 e 25, em Bragança entre 14 e 28, na Guarda entre 12 e 25, em Coimbra entre 16 e 25, em Castelo Branco entre 17 e 32, em Santarém entre 16 e 28, em Évora entre 15 e 33, em Beja entre 15 e 34, em Lisboa entre 17 e 26, no Funchal entre 20 e 25, em Ponta Delgada entre 20 e 24, na Horta entre 20 e 25 e em Santa Cruz das Flores entre 17 e 24.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook