Ministro do Ambiente inaugura frentes ribeirinhas renovadas em Tavira

Ministro do Ambiente inaugura frentes ribeirinhas renovadas em Tavira

528
PARTILHE
Jorge Botelho vai contar com o ministro do Ambiente na inauguração oficial das obras de requalificação da frente ribeirinha

Inicialmente prevista para finais de Março, como o POSTAL noticiou no início de Março deste ano citando o autarca tavirense Jorge Botelho, a inauguração das frentes ribeirinhas requalificadas pelo Polis Litoral Ria Formosa em Tavira só terá lugar a 20 de Julho.

As obras, pelo seu relevo, levaram a que – apesar de concluídas há meses – só agora vão ser inauguradas, com a presença de um membro do Governo, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, no próximo dia 20 de Julho.

Os tavirenses e os visitantes já usufruem dos melhoramentos resultantes das intervenções há vários meses

As intervenções, na zona das Quatro-Águas de Tavira e na ligação entre Pedras d’el Rei e Santa Luzia, são duas das principais obras do programa Polis no concelho de Tavira, a par da requalificação da marginal de Cabanas de Tavira, terminada há já alguns anos.

“Tratam-se de duas obras fundamentais para o concelho, quer do ponto de vista do relacionamento das populações com a Ria Formosa, quer do ponto de vista da qualidade ambiental e urbanística que disponibilizamos à população e aos turistas, e que foram desenvolvidas no âmbito do Polis onde a Câmara participou no respectivo capital” diz o autarca.

- Pub -

Ao todo mais de três milhões de euros a que acrescem IVA, foi o investimento feito para revolucionar a forma como o concelho de Tavira encara a sua estreita relação com a zona lagunar da Ria Formosa e a oferta turística do concelho em termos de zonas de lazer e que se somam às marginais de Cabanas de Tavira, e Santa Luzia, além do parque ribeirinho do Séqua, como pontos de atracção do concelho liderado por Jorge Botelho.

A ligação a Santa Luzia desde Pedras d’el Rei foi requalificada completando a renovação, feita há anos, da frente ribeirinhas da localidade

Nas obras da frente ribeirinha entre Santa Luzia e Pedra d’el Rei o investimento ascendeu a 740 mil euros e criou um percurso com distinção dos usos pedonal e ciclável e, ainda, um espaço de lazer e recreio com algum equipamento urbano ligeiro, além de uma praça de acesso à ponte articulada de ligação à Praia do Barril.

Pormenor da zona das Quatro-Águas de Tavira já requalificada

Já na zona das Quatro Águas de Tavira a obra, de muito maior envergadur , o investimento ultrapassa os 2,3 milhões de euros que serviram para revolucionar o enquadramento urbano-paisagístico daquela zona de acesso à Ilha de Tavira.

Abandonada há décadas e com poucas ou nenhumas intervenções de manutenção ou requalificação, aquela zona é agora uma das zonas de lazer e passeio de excelência no concelho de Tavira.

Nova vegetação, novos pavimentos, mobiliário urbano e equipamentos de apoio, a par de um acesso viário requalificado e com trânsito limitado a ligeiros de passageiros e carga e de uma ciclovia passeio pedonal com uma vista deslumbrante marcam o futuro das Quatro Águas.

Destaque para a zona ribeirinha junto ao cais de embarque e restaurantes, que cria um novo e amplo espaço de fruição da Ria Formosa, além de um anfiteatro.

Facebook Comments

Comentários no Facebook