Obra de Manuel Madeira em destaque na biblioteca de Olhão

Obra de Manuel Madeira em destaque na biblioteca de Olhão

371
PARTILHE
Manuel Madeira faleceu no passado dia 28 de Maio

Na Biblioteca Municipal José Mariano Gago, todos os meses são dedicados a um autor em especial. Julho não é excepção, sendo Manuel Madeira o escritor em destaque.

Manuel Madeira nasceu em S. Bartolomeu de Messines, em 1924, mas muito cedo foi viver para Faro com a família, depois para Olhão, onde permaneceu até aos 25 anos, altura em que se deslocou para Lisboa e aí viveu durante mais de 40 anos.

Regressou a Olhão, onde faleceu recentemente, a 28 de Maio de 2016.

Foi empregado no comércio e funcionário público, tendo sido demitido por motivos políticos. Foi preso e torturado pela PIDE várias vezes.

- Pub -

Reuniu em livro parte da sua poesia, de 1949 a 2004, sob o título No Encalço do Real Inalcançável. Em 2007, publicou Um Pouco de Infinito em Toda a Parte; em 2008, Cartas Poéticas entre António Ramos Rosa e Manuel Madeira; em 2009, o livro À Descoberta das Causas no Sortilégio dos Efeitos; em 2010, Simbiose Telúrica de Fragmentos do Ser, Reflexos e Reflexões Poéticas e, em 2012, o seu último título de poesia, Universo com Trancas à Porta.

Toda a bibliografia do autor existente na Biblioteca pode ser consultada através do catálogo online, em http://www.cm-olhao.pt/pt/catalogo-online.

Facebook Comments

Comentários no Facebook