Orquestra Clássica do Sul comemora 3º aniversário em concerto com Gilles Apap

Orquestra Clássica do Sul comemora 3º aniversário em concerto com Gilles Apap

325
PARTILHE
O programa é composto por obras de Fauré, Saint-Saëns, Strauss II, Sarasate e Brahms (Foto: Dvorak Prague)

A Orquestra Clássica do Sul (OCS) assinala o seu terceiro aniversário já este sábado, 23 de Julho, com um concerto que reúne em palco esta orquestra e o violinista internacional Gilles Apap. O evento acontece no Hotel Salgados Palace, na Guia (Algarve), às 20 horas.

O programa é composto por obras de Fauré, Saint-Saëns, Strauss II, Sarasate e Brahms e apresenta ainda uma série de peças tradicionais interpretadas pelo solista Gilles Apap, sob a direção musical de Rui Pinheiro, maestro titular da OCS.

O violinista francês Gilles Apap ganhou renome mundial não só pelo virtuosismo das suas interpretações em obras canónicas do repertório clássico, mas também pelo seu modo de tocar descontraído e intenso, que convida todo o público a desfrutar de uma experiência de pura fruição musical, quer se trate de interpretações de obras de Bach, Mozart e Ravel, ou de música tradicional de todos os cantos do mundo. O violinista tem presença regular tanto no ocidente como no leste europeu, assim como na Escandinávia, nos países Balcãs, nas duas costas dos Estados Unidos da América do Norte, no Canadá e na América do Sul, na Nova Zelândia, Brasil, Índia, Japão, Rússia, Turquia, Israel e Austrália.

Além do seu trabalho como solista em orquestras e pequenos agrupamentos de câmara, Apap é hoje um nome igualmente consagrado enquanto líder musical em agrupamentos internacionais de música de câmara, por via da sua abordagem particular nos modos de interpretar, difundir e promover a música junto do público.

- Pub -

Baseada no background enquanto Orquestra do Algarve, fundada em 2002, muda a sua designação para Orquestra Clássica do Sul em 2013. A nova denominação trouxe consigo a mudança estratégica do alargamento da sua missão às regiões do Alentejo e da Península de Setúbal em Portugal e da Andaluzia em Espanha, para além da já desenvolvida no Algarve, oferecendo uma programação diversificada e de elevada qualidade artística. Nestes três anos de actividade, tem-se apresentado um pouco por toda a sua área de abrangência, passando por palcos de todo o Algarve, de Setúbal e de Mértola, Ourique, Évora, Castro Verde, Alvito, Marvão, Torrão (Alcácer do Sal), Almodôvar, Redondo, entre outras localidades alentejanas, na sua missão de difundir a música erudita junto das populações, para além de ter desenvolvido parcerias com entidades culturais e institucionais destas regiões.

O ingresso para o concerto tem o custo de 12,50 euros e pode ser adquirido na recepção do Hotel Salgados Palace a partir das 18.30 horas. O bilhete inclui a entrada para o espectáculo e um welcome drink, a partir das 19 horas. 

Facebook Comments

Comentários no Facebook