Cerca de 700 jovens participam no OTL – Viver o Verão em...

Cerca de 700 jovens participam no OTL – Viver o Verão em Lagos

384
PARTILHE
Programa integra um conjunto de actividades lúdico-pedagógicas para as férias de Verão

O OTL – Viver o Verão 2016 arrancou esta semana em Lagos. Este ano conta com a participação de 550 crianças e 124 jovens/monitores do concelho e integra um conjunto de actividades lúdico-pedagógicas onde não vão faltar os ateliers, as actividades desportivas e as saídas de campo, entre outros.

O programa é destinado a crianças dos 6 aos 15 anos, e decorre entre 4 de Julho e 31 de Agosto, sendo que cada participante poderá frequentar as actividades do OTL durante um mês. À semelhança do ano passado a iniciativa tem igualmente duas modalidades de horário: uma só da parte da manhã (9 às 13 horas) a funcionar em Lagos e freguesias da Luz, Bensafrim e Odiáxere. A modalidade de manhã e tarde, apenas funciona em Lagos, das 9 às 13 e das 14.30 às 17 horas.

No desenvolvimento das várias actividades, os participantes serão sempre acompanhados por jovens monitores seleccionados pela câmara local especificamente para este efeito.

Conforme explica a autarquia lacobrigense em nota de imprensa, “o OTL – Viver o Verão tem sido um projecto âncora de elevado interesse e que tem contado, desde o seu início, com forte participação por parte das crianças e jovens do concelho. Este ano, a autarquia e as Juntas de Freguesia voltaram a organizar um conjunto especial de actividades de Ocupação de Tempos Livres para o Verão”.

Participantes serão sempre acompanhados por jovens monitores qualificados
- Pub -

Desde o início do OTL – Viver o Verão, que já vai na sua 14ª edição, a principal preocupação da Câmara tem sido “a de apoiar as famílias do concelho, numa época do ano em que naturalmente, e decorrente de uma maior afluência de visitantes, existe um acréscimo de trabalho no município e que muitos pais não têm onde deixar os seus filhos”. Actualmente, e ainda mantendo essa preocupação, “o OTL tem como principais objectivos promover actividades de ocupação de tempos livres, desenvolver competências pessoais e sociais; formar e educar para a cidadania; motivar o desenvolvimento das capacidades criativas e incentivar a prática desportiva e hábitos saudáveis. Este ano, esta iniciativa implicou um investimento global por parte da autarquia na ordem dos 60 mil euros”, remata.

Facebook Comments

Comentários no Facebook