Sons Antigos a Sul com The Goldfinch Ensemble na sexta-feira

Sons Antigos a Sul com The Goldfinch Ensemble na sexta-feira

444
PARTILHE
The Goldfinch Ensemble é composto por quatro músicos oriundos de diferentes países

O Ciclo de Música Antiga Sons Antigos a Sul regressou à Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, em Vila do Bispo, na semana passada, prosseguindo todas as sextas-feiras do corrente mês, sempre às 17 horas.

O próximo concerto terá lugar no próximo dia 12 de Agosto por The Goldfinch Ensemble.

O programa apresentado será centrado na figura emblemática de Elisabeth Jaquet de La Guerre (1665-1729): “Sonatta della signora de la guerre”, com quatro sonatas em trio (violino, flauta e baixo continuo), acompanhando outros trabalhos da compositora, como a sonata para violino e baixo continuo (1707); uma selecção da sua obra “Pieces de Clavecin” (1687); e um extracto da tragédia lírica “Céphale et Procris” (primeira ópera escrita por uma compositora feminina na Académie Royale de Musique, 1693).

Trata-se de uma iniciativa produzida pela Academia de Música de Lagos, integrada no ciclo “Música no DiVaM” do programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – 2016 promovido pela Direcção Regional de Cultura do Algarve em parceria com agentes culturais da região.

- Pub -

The Goldfinch Ensemble

O grupo The Goldfinch Ensemble foi fundado em 2014 no seio do Conservatório Real de Haia (Países Baixos), por quatro músicos oriundos de diferentes países e dedica-se ao reportório escrito para cravo, violino barroco, traverso e viola da gamba dos séculos XVII e XVIII. Como estudantes do real Conservatório de Haia, obtiveram formação junto de emblemáticas figuras da música historicamente informada, tais como Wieland Kuijken, Wilbert Hazelzet and Ryo Terakado. Já se apresentaram nos Países Baixos, França, Portugal, Bélgica, Espanha e Alemanha em vários recitais e festivais, tais como MA Fringe Festival em Bruges, Sons Antigos Sul, Fringe Festival Oude Muziek Utrecht, Göttinger Reihe Historischer Musik. Em Fevereiro de 2016 ganharam o primeiro prémio no Internationale Händel-Festspiele Göttingen e em Maio de 2015 receberam o Segundo Prémio na Competição Internacional de Música Antiga do Val de Loire (França).

O Ensemble foi seleccionado para o programa EEEmerging de Ambronay, pelo que participarão no Festival de Ambronay e York Early Music Christmas Festival, durante o ano de 2016. Pelo segundo ano consecutivo apresentam-se no Ciclo de Música Antiga Sons Antigos a Sul, resultado de uma parceria com o Conservatório Real de Haia e com o patrocínio de Cultugarve.com / sua agenda cultural. http://thegoldfinchensemble.com/ .

Facebook Comments

Comentários no Facebook