São Brás pôs a arte nas ruas: venha daí calcorrear as ‘Calçadas...

São Brás pôs a arte nas ruas: venha daí calcorrear as ‘Calçadas 2016’

446
PARTILHE
Serafim, o contador de histórias recheadas de humor, apresenta-se no Palco da Praça Velha pelas 23.20 horas

As calçadas das ruas do centro histórico de São Brás de Alportel guardam em si mesmas histórias infindáveis de uma vivência própria das gentes são-brasenses, mas esta noite, a proposta para estas mesmas pedras – algumas centenárias – é outra, a de as calcorrear à descoberta da cultura.

Numa iniciativa da Câmara local, hoje, a partir das 20 horas, regressa mais uma ‘Calçadas’, um evento cultural policromado onde a cada canto e em cada recanto as cores da expressão cultural e artística ganham um tom especial. Conheça toda a programação AQUI.

A dança tem lugar cativo nas ‘Calçadas’ e esta noite não será excepção

Deixe-se levar nos passos perdidos é um convite à descoberta, percorrendo a Praça Velha, o Centro de Artes e Ofícios, os palcos Vila Adentro e do Adro da Igreja, a calçadinha ou o palco da biblioteca, bem como as ‘casas com arte’ e o resultado é garantido: espante-se em cada momento com uma paleta infindável de propostas especiais.

Da música à pintura, dos contos ao artesanato, da poesia à animação, como dos djs à fotografia, a surpresa é a descoberta da arte por entre o baixo perfil do casario histórico numa noite quente deste tempo de estio.

Nanook está entre as propostas musicais desta edição do Calçadas
- Pub -

Uma proposta feita à medida de todos, de todas as famílias e para todas as idades, mesmo para os mais pequeninos que têm espaço dedicado com as especiais atenções que lhes são devidas.

Uma noite especial onde o tempo corre com o passo único de quem se faz ao caminho sem relógio a marcar o compasso. Em São Brás hoje os passos seguem o compasso da expressão artística que se fez à rua numa mostra peculiar e muito especial e, a acompanhar os convivas apenas a felicidade de viver as artes de forma diferente enquanto a brisa das serranias os empurra pelas calçadas de uma São Brás inesquecível.

A arte mostra-se em portas e janelas espalhadas pelo centro da vila

Entrada livre a partir das 20 horas para uma noite memorável, a 10 minutos de Faro, ali mesmo em São Brás, onde a serra espreitar o mar. 

Agora pense, vai ficar em casa quando pode fazer-se ao caminho e aceitar o desafio de calcorrear? 

Facebook Comments

Comentários no Facebook