Associação volta a ‘Semear Saúde’ com sessão de informação sobre o cancro...

Associação volta a ‘Semear Saúde’ com sessão de informação sobre o cancro da mama em Tavira

328
PARTILHE
Sónia Remondes Costa
Sónia Remondes Costa é psico-oncologista, autora e professora na UTAD

Actualmente, uma em cada oito mulheres tem cancro. A doença propaga-se de tal forma na sociedade que a média entre a população feminina afectada por uma doença oncológica passará, mais tarde, a um terço. Uma realidade assustadora para a qual Sónia Remondes Costa tentou alertar e consciencializar esta sexta-feira, através de uma conversa informada sobre o cancro da mama, na Associação Semear Saúde, em Tavira.

“Cada vez mais vai haver mais cancros”, lamenta a psico-oncologista. Contudo, é possível minimizar ao máximo a probabilidade de um desses casos ser vivido na primeira pessoa e maximizar a detecção precoce de eventuais desenvolvimentos cancerígenos. Doutorada em Psicologia Clínica e da Saúde, Sónia Remondes Costa alerta para a auto-prevenção. “Temos de estar muito atentos e cuidar do nosso corpo, a prevenção é o primeiro passo”.

A doutora destacou a importância da prática de uma vida saudável, com energia (positiva), a tentar evitar o stress, a fazer exercício físico e a dormir bem, entre outros factores. “A prioridade é cuidar de si, emocionalmente, psicologicamente, socialmente e fisicamente porque sem qualidade de vida não há saúde nem bem-estar”, indicou.

“Temos de ser o médico de nós próprios”

A doença oncológica é frequentemente associada a um grande desgaste emocional, o que pode ser um factor negativo no processo de tratamento e de recuperação da patologia. “Nós é que temos sempre o poder e é preciso despertar para isto”, recorda a psico-oncologista, acrescentando que “temos de ser o médico de nós próprios”.

“O cancro é dos acontecimentos de vida mais traumáticos” e prevenir e tratar todas as implicações negativas que uma doença oncológica possa ter a nível psicológico, antes, durante e após os tratamentos, pode ser a “chave” para um final feliz. Segundo Sónia Remondes Costa, “a mente produz a cura” e é nesse sentido que trabalha diariamente com os seus pacientes.

“Cancro da mama: da prevenção à intervenção psico-oncológica” foi o tema que trouxe Sónia Remondes Costa de Trás-os-Montes ao Algarve. A palestrante começou por apresentar um workshop da Laço, associação para a qual dá formação de forma voluntária desde 2013 através do projecto “Cuide de Si”, cujo objectivo passa por “sensibilizar todas as mulheres de todas as idades a prevenirem eventuais doenças oncológicas”, disse.

A importância da água na saúde

“O objectivo da Chanson é fazer com que haja cada vez menos doenças”

Aliada ao estilo de vida e à alimentação saudável está a Chanson Portugal, que também marcou presença no evento. Gilberto Gonçalves, representante da Chanson do Algarve, teve oportunidade de mostrar os benefícios que a água alcalina ionizada antioxidante tem na vida das pessoas. “O objectivo da Chanson é fazer com que haja cada vez menos doenças”, diz o representante.

“A água é muito boa”, ouve-se entre o público. Uma manifestação geral confirmada por Sónia Remondes Costa, que ficou “muito bem impressionada”. “A água limpa também faz parte da prevenção de doenças como o cancro”, refere a doutora.

“O nosso corpo é 70% de água, logo é essencial que esta seja de qualidade”, conclui Gilberto Gonçalves.

Oxigenesis, oxigénio 100% puro

“Para quem tem problemas de pele, este será um bom método, com resultados muito satisfatórios”

A Semear Saúde, parceira do método Oxigenesis, voltou a dar a conhecer o método de activação celular natural corporal e capilar com oxigénio 100% puro, disponível na associação.

Filomena Costa, uma das “cobaias” da demonstração, mostrou-se surpreendida com os resultados. “Nem pareço a mesma, tenho a pele muito mais bonita”. “Foi uma experiência muito agradável”, vincou.

Graciete Pontes também recebeu o tratamento Oxigenesis pela primeira vez. “Vê-se resultados logo na primeira aplicação e para quem tem problemas de pele, este será um bom método, com resultados muito satisfatórios”, afirma a participante.

A iniciativa inseriu-se no Ciclo de Palestras Mensais da Semear Saúde, associação organizadora, em parceria com a ADOT (Associação dos Doentes Oncológicos de Tavira), SOS Oncológico (Unidade e Equipa Comunitária de Cuidados Paliativos do Algarve) e Associação Montepio Artístico Tavirense de Socorros Mútuos.

(Com Henrique Dias Freire)