Espectáculo de Napoleão Mira abre Encontro Internacional Poesia a Sul

Espectáculo de Napoleão Mira abre Encontro Internacional Poesia a Sul

361
PARTILHE
Napoleão Mira & Reflect sobem ao palco do Auditório Municipal no dia 21 de Outubro pelas 21.30 horas
Napoleão Mira & Reflect sobem ao palco do Auditório Municipal no dia 21 de Outubro pelas 21.30 horas

A edição de 2016, a segunda do Encontro Internacional Poesia a Sul, decorre entre os dias 21 e 30 de Outubro na cidade de Olhão, numa organização da câmara local, este ano com um programa onde as actividades vão da poesia à música, passando por exposições, teatro, debates, apresentações, leituras e recitais. Assegurada está já a presença de poetas de renome de todo o mundo.

O dia inaugural da iniciativa – que é mais uma vez comissariada pelo poeta olhanense Fernando Cabrita –, sexta feira, 21 de Outubro, conta, às 21.30 horas, com o espectáculo “12 Canções Faladas e 1 Poema Desesperado”, por Napoleão Mira & Reflect. A performance de spoken word é apresentada no Auditório Municipal de Olhão.

O encontro tem o seu início oficial marcado para mais cedo, às 18 horas, com a sessão inaugural, que decorre no Salão Nobre dos Paços do concelho, presidida pelo presidente da Autarquia, António Miguel Pina.

O dia reserva ainda a apresentação do mais recente volume de Fernando Cabrita, “Oito Livros de Oito Poetas”. a inauguração de duas exposições no Auditório Municipal e, a fechar a noite, um momento de poesia e música.

- Pub -

O sábado, dia 22 de Outubro, começa com duas palestras no Museu Municipal de Olhão, a decorrerem a partir das 15 horas. A primeira, por Fernando Cabrita, versa sobre o poema The Waste Land, de T. S. Elliot. De seguida, o espanhol Augusto Thassio de los Infantes fala sobre a vida e a morte de Miguel Hernandez.

Outro dos destaques do dia vai para o debate “A Poesia e o Ensino”, que acontece na Galeria Sul Sol e Sal, a partir das 18.30, com as presenças de Anabela Batista, Nélia Estevão, Paulo Penisga e Pedro Oliveira Tavares.

Livros de Pedro Jubilot e Raquel Zarazaga serão apresentados no Cantaloupe

No domingo, dia 23, às 11 horas, o espaço Cantaloupe recebe Poesia com Vista para o Mar, onde serão apresentados livros de Pedro Jubilot e Raquel Zarazaga, havendo ainda leituras de textos por vários poetas.

Às 17 horas, há teatro nos Mercados Municipais, pelos Te-atrito. Meia hora mais tarde, no mesmo espaço, Teresa Rita Lopes dá uma palestra subordinada ao tema “Pessoa e o Livro do Desassossego”. Ao fim da tarde, às 19.30, sempre nos Mercados Municipais, haverá espaço para uma leitura, pelas vozes de Rogério Cão e Fernando Cabrita.

A segunda feira é dedicada à apresentação dos livros de Miguel Godinho e António Ventura. Na terça feira, dia 25, é a vez dos autores Adília César, Marco Mangas, José Luís Rua Nacher e Eladio Orta darem a conhecer ao público as suas mais recentes obras.

João Pereira, Pedro Tavares, Said Trigaoui, Eva Vaz, Chi Trung e Luís Ene apresentam volumes da sua autoria na quarta feira, dia 26 de Outubro. As sessões decorrem a partir das 18 horas, na Galeria Sul Sol e Sal. Este dia ficará ainda marcado pela exibição da película Howl, de Allen Ginsberg, na Sociedade Recreativa Progresso Olhanense, e pelo espectáculo de poesia e música de João Pereira e Eduardo Patarata, no espaço Cantaloupe.

O espaço eleito para a programação de quinta feira, dia 27, do Poesia a Sul, é a Sociedade Recreativa Progresso Olhanense onde decorre, a partir das 18h00, uma homenagem ao poeta algarvio Casimiro de Brito, no âmbito dos 55 anos da Poesia 61 – A Geração de 1961 e a Nova Poesia Portuguesa.

As actividades do II Encontro Internacional Poesia a Sul – Olhão 2016 prolongam-se até dia 30 de Outubro, com actividades literárias, musicais e lúdicas. Esta edição ficará também marcada por visitas diárias de poetas a escolas e lares do concelho e pela apresentação do Prémio Literário Escolar João Lúcio.

Facebook Comments

Comentários no Facebook