Obelisco de Faro vai estar em restauro durante os próximos dois meses

Obelisco de Faro vai estar em restauro durante os próximos dois meses

396
PARTILHE
Monumento a José Bento Ferreira d`Almeida, mais conhecido como Obelisco de Faro

O município de Faro iniciou esta segunda-feira a intervenção de conservação e restauro do Monumento a José Bento Ferreira d`Almeida, mais conhecido como Obelisco de Faro, situado na Avenida da República.

A intervenção é levada a cabo pela equipa da Divisão de Cultura, Museus, Arqueologia e Restauro da Câmara de Faro, tendo como principais objectivos a limpeza, desinfestação, consolidação, tratamento de juntas, reposição de volumes e remoção de intervenções não originais do suporte pétreo. Ao mesmo tempo, os trabalhos incidirão na limpeza, estabilização e protecção dos elementos em bronze do obelisco.

O monumento foi inaugurado em 1910 para homenagear o político e militar José Bento Ferreira d’Almeida (Faro, 1847 – Livorno, 1902), que se destacou, entre outros feitos, como Ministro da Marinha na abolição de castigos corporais existentes na Armada.

O obelisco foi realizado pela oficina do mestre Tomaz Ramos, canteiro que no início do século XX foi autor de importantes obras, tais como, cantarias do palácio Fialho (Santo António do Alto), fachada do café Aliança, Palácio de Belmarço, o plinto do busto de João de Deus e o palacete Guerreirinho – este último será revisitado em iniciativa pública, a ter lugar no dia 24 de Setembro, por ocasião da realização das Jornadas Europeias do Património.

- Pub -

A intervenção em curso, que deverá demorar cerca de dois meses, visa não só conservar este monumento, “que se encontra em mau estado de preservação e que tem sido vítima de diversos actos de vandalismo”, refere a autarquia, como também, dignificar e homenagear o ilustre farense José Bento Ferreira d`Almeida.

Facebook Comments

Comentários no Facebook