Odiana quer diagnóstico das necessidades formativas do Baixo Guadiana

Odiana quer diagnóstico das necessidades formativas do Baixo Guadiana

329
PARTILHE
A Odiana já tinha lançado um questionário formativo em Julho, resultante de uma candidatura apresentada no âmbito do programa PDR2020

A Odiana volta a lançar o repto à população ao elaborar um questionário que pretende conciliar as lacunas formativas à oferta disponível no Baixo Guadiana.

O questionário é dirigido a desempregados, empregados e empresários/dirigentes do território.

Mais uma vez a Associação Odiana pretende aferir as necessidades sentidas na região do Baixo Guadiana, de modo a ajustar a oferta formativa da entidade e candidatar acções de formação de curta duração (25/50 horas) a financiamento no âmbito do Portugal 2020. “Trata-se essencialmente de uma oportunidade para trazer para o Baixo Guadiana formação para os vários utilizadores”, diz a associação em nota de imprensa.

A metodologia é “simples, rápida e eficaz”, refere. Os activos, sejam eles desempregados, empregados e empresários/dirigentes do Baixo Guadiana, devem responder ao formulário de modo a que, após a súmula dos resultados, se possa alcançar um  Diagnóstico das Necessidades de Formação no território.

- Pub -

A destacar que a Odiana já tinha lançado um questionário formativo em Julho, resultante de uma candidatura apresentada no âmbito do programa PDR2020, Operação 2.1.1 Acções de formação.

Para mais informações acerca da formação pode contactar a associação através do e-mail odiana.formacao@gmail.com.

Facebook Comments

Comentários no Facebook