São Brás de Alportel acolhe ‘Cinema Português em Movimento’

São Brás de Alportel acolhe ‘Cinema Português em Movimento’

362
PARTILHE
As sessões são todas gratuitas e têm início às 21.15 horas

O cinema português regressa às aldeias são-brasenses esta quinta-feira com algumas das maiores produções cinematográficas de 2014/2015.

Em São Brás de Alportel a viagem da sétima arte inicia em São Romão, faz paragem em Parises, no Jardim da Verbena e termina no Alportel, assumindo um carácter de exclusividade no sul do país.

Entre os dias 8 e 11 de Setembro alguns dos mais recentes êxitos do cinema nacional serão exibidos em quatro localidades do concelho, no âmbito da 4ª edição da iniciativa “Cinema Português em Movimento”, promovida pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

A decorrer em diversos pontos do país, a iniciativa tem por objectivo criar uma oferta inexistente naqueles locais e oferecer à população a oportunidade de visionar algumas das mais recentes e reconhecidas obras cinematográficas de produção nacional.

- Pub -

A hilariante comédia “Capitão Falcão”, assinada por João Leitão, marca o início deste ciclo com uma sessão no adro da Igreja de São Romão na quinta-feira, dia 8 de Setembro. O renovado “O Pátio das Cantigas”, realizado por Leonel Vieira, será exibido na sexta-feira, dia 9, no adro da Igreja em Parises e no dia seguinte, sábado, é a vez do galardoado drama de Luís Filipe Rocha, “Cinzento e Negro” descer ao centro histórico. A última sessão de cinema terá lugar no domingo, dia 11, no Parque do Alportel, com o filme “Os Gatos não têm Vertigens”, de António-Pedro Vasconcelos.

As sessões são todas gratuitas e têm início às 21.15 horas, sendo sempre antecedidas por uma curta-metragem de animação inspirada na obra de Rafael Bordalo Pinheiro, da autoria dos alunos da licenciatura em Arte Multimédia da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, para assinalar a comemoração dos 170 anos do nascimento do multifacetado artista português.

O município de São Brás de Alportel vai ser palco da sessão de encerramento da 4ª edição do “Cinema Português em Movimento” no dia 10, momento assinalado com a exibição exclusiva do filme “Cinzento e Negro”, numa cerimónia que terá lugar no místico Jardim da Verbena, situado no centro histórico da vila, que há algumas décadas era a sala de cinema ao ar livre da comunidade são-brasense, e contará com a presença do realizador, Luís Filipe Rocha, do produtor Luís Galvão Teles e da vice-presidente do ICA, Ana Costa Dias.

Facebook Comments

Comentários no Facebook