Alcoutim renova protocolo com a Associação dos Diabéticos do Algarve

Alcoutim renova protocolo com a Associação dos Diabéticos do Algarve

460
PARTILHE
A autarquia tem inscritos no projecto largas dezenas de doentes do concelho
A autarquia tem inscritos no projecto largas dezenas de doentes do concelho

No âmbito do projecto “Apoio aos diabéticos do Algarve”, a Câmara de Alcoutim aprovou esta quarta-feira a renovação de um protocolo com a Associação para o Estudo da Diabetes Mellitus e de Apoio ao Diabético do Algarve (A.E.D.M.A.D.A.), no sentido de dar apoio de ordem médico-clínica e de reabilitação aos munícipes que sofrem desta doença crónica com necessidades especiais.

Atendendo a que a diabetes é uma doença crónica e, como tal, os doentes necessitam de ser observados periodicamente e tendo as câmaras municipais competências definidas no domínio do apoio social, o Município de Alcoutim compromete-se a atribuir um apoio financeiro de quatro mil e quinhentos euros anuais ao projecto e a encaminhar os doentes, através do gabinete de acção social, para a A.E.D.M.A.D.A. que, por sua vez, se encarrega de prestar todo o apoio diabetológico necessário.

Todos os doentes abrangidos pelo protocolo beneficiam de uma constante abordagem global (enfermagem, médico-diabética, dietética, psicológica, podológica e farmacológica) de acordo com as suas necessidades, sendo seguidos e encaminhados para o Hospital Distrital de Faro quando as circunstâncias o exijam.

A gravidade e descontrolo inerentes a alguns tipos de diabetes e a sua dificuldade de tratamento são as principais causas do encaminhamento de doentes para a A.E.D.M.A.D.A. Actualmente a autarquia, que também disponibiliza transporte para as consultas, tem inscritos no projecto largas dezenas de doentes do concelho.

Facebook Comments

Comentários no Facebook