Câmara de Albufeira é parceira do projecto ‘Heróis da Fruta’

Câmara de Albufeira é parceira do projecto ‘Heróis da Fruta’

515
PARTILHE
Projecto vai abranger um total de 1.825 alunos
Projecto vai abranger um total de 1.825 alunos

A Câmara de Albufeira decidiu tornar-se “Autarquia Parceira” da 6ª edição do projecto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, uma iniciativa da Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI), convidando todas as escolas e jardins-de-infância do concelho a aderir ao programa até à próxima sexta-feira, 14 de Outubro, data em que encerram as inscrições.

O projecto é actualmente o maior programa gratuito de educação para a saúde, com uma das maiores taxas de sucesso de sempre em reeducação alimentar infantil em Portugal, sendo que “está comprovado que a aplicação do modelo pedagógico dos “Heróis da Fruta” aumenta em pelo menos 42% o consumo de fruta diário das crianças que nele participam”, sublinha Mário Silva, presidente e fundador da APCOI.

José Carlos Rolo, vice-presidente da Câmara de Albufeira e vereador responsável pelo pelouro da educação refere que “o projecto irá abranger um total de 1.825 alunos, contribuindo para a sensibilização das crianças e respectivas famílias para os benefícios do consumo de fruta no seu desenvolvimento físico e cognitivo, o que naturalmente irá levar à promoção do sucesso escolar. Estamos conscientes que a alimentação é uma ferramenta poderosa na promoção da saúde, pelo que, desde 2009, a Autarquia tem vindo a garantir a distribuição diária de uma peça de fruta a todos os alunos que se encontrem a frequentar as escolas do ensino básico no concelho”. O Município assume desta forma um papel activo na iniciativa, numa primeira fase através da divulgação e implementação do projecto e posteriormente na sua supervisão.

Para além do incentivo ao consumo de fruta nas quantidades recomendadas pela OMS – Organização Mundial de Saúde, o projecto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável” leva também às crianças lições importantes sobre alimentação saudável, higiene oral, actividade física, economia e poupança, respeito pelo meio ambiente e bem-estar emocional, que as ajudam a crescer saudáveis, activas e felizes, refere a APCOI que pretende com o projecto “prevenir uma realidade preocupante: 74% das crianças portuguesas não ingere fruta na quantidade recomendada diariamente e destas 7% não consome qualquer porção de fruta”, o que provoca carências nutricionais com efeitos muito negativos para a saúde, colocando Portugal entre os países europeus com maior número de crianças afectadas por problemas de obesidade: uma em cada três crianças tem excesso de peso.

Facebook Comments

Comentários no Facebook