Investigadora da UAlg ganha menção honrosa no Prémio Janssen Inovação 2016

Investigadora da UAlg ganha menção honrosa no Prémio Janssen Inovação 2016

474
PARTILHE
O Prémio Janssen Inovação nasce de uma parceria entre a Janssen Portugal e a Universidade Católica Portuguesa

Sónia Simão, investigadora do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) da Universidade do Algarve, ganhou uma menção honrosa no Prémio Janseen Inovação 2016, com o projecto “Aliskiren as a new therapeutic approach for the treatment of diabetic retinopathy”.

O projecto, desenvolvido em conjunto com Daniela F. Santos e Gabriela Silva, visa abordar a problemática da retinopatia diabética, procurando entender melhor a doença e definir novos alvos terapêuticos.

Com esse objectivo, e tendo em conta que a retinopatia diabética é a principal causa de cegueira adquirida entre adultos em idade activa, as investigadoras pretendem testar a eficácia do fármaco Aliskiren, enquanto inibidor directo do sistema renina-angiotensina (RAS), um sistema identificado no olho que parece contribuir para danos oculares.

Assim, pretendendo provar que o aliscireno inibe com sucesso o RAS, as investigadoras abrem caminho, através deste inovador projecto, à sugestão de que o referido fármaco tem potencial para ser utilizado na concepção de novas abordagens para o tratamento da retinopatia diabética.

O Prémio Janssen Inovação nasce de uma parceria entre a Janssen Portugal e a Universidade Católica Portuguesa, com o objectivo de incentivar e distinguir a investigação de excelência em instituições nacionais.

Facebook Comments

Comentários no Facebook