POSTAL celebra aniversário de Álvaro de Campos com um mês de poemas

POSTAL celebra aniversário de Álvaro de Campos com um mês de poemas

533
PARTILHE
A cada dia o POSTAl vai publicar um novo poema de Álvaro de Campos
A cada dia o POSTAL publica um novo poema

O POSTAL une-se a mais uma iniciativa cultural e em parceria com artistas e associações de Tavira assinala o “aniversário” do mais famoso dos heterónimos do poeta Fernando Pessoa, Álvaro de Campos.

Com ligações estreitas ao Algarve, em particular a Tavira, Álvaro de Campos é assim motivo para celebrar a poesia e a cultura em geral, dando a conhecer um pouco mais da obra poética de um dos vultos mais marcantes da escrita portuguesa.

Entre 1 e 31 de Outubro de 2016, a cada dia, o POSTAL vai publicar um poema de Álvaro de Campos, para celebrar uma das ‘faces’ de Pessoa. Recorde-se que Pessoa escreveu sob quatro heterónimos, Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro e Bernardo Soares.

Poema de 3 de Outubro:

Estou Cansado 

Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura,
a gente tem que estar cansado. 

De que estou cansado, não sei: 
De nada me serviria sabê-lo, 
Pois o cansaço fica na mesma. 
A ferida dói como dói 
E não em função da causa que a produziu. 
Sim, estou cansado, 
E um pouco sorridente 
De o cansaço ser só isto — 
Uma vontade de sono no corpo, 
Um desejo de não pensar na alma, 
E por cima de tudo uma transparência lúcida 
Do entendimento retrospectivo… 
E a luxúria única de não ter já esperanças? 
Sou inteligente; eis tudo. 
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto, 
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá, 
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa. 

Álvaro de Campos, in “Poemas”

Facebook Comments

Comentários no Facebook