POSTAL celebra aniversário de Álvaro de Campos com um mês de poemas

POSTAL celebra aniversário de Álvaro de Campos com um mês de poemas

485
PARTILHE
A cada dia o POSTAL publica um novo poema
A cada dia o POSTAL publica um novo poema

O POSTAL une-se a mais uma iniciativa cultural e em parceria com artistas e associações de Tavira assinala o “aniversário” do mais famoso dos heterónimos do poeta Fernando Pessoa, Álvaro de Campos.

Com ligações estreitas ao Algarve, em particular a Tavira, Álvaro de Campos é assim motivo para celebrar a poesia e a cultura em geral, dando a conhecer um pouco mais da obra poética de um dos vultos mais marcantes da escrita portuguesa.

Entre 1 e 31 de Outubro de 2016, a cada dia, o POSTAL vai publicar um poema de Álvaro de Campos, para celebrar uma das ‘faces’ de Pessoa. Recorde-se que Pessoa escreveu sob vários heterónimos, sendo que Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro e Bernardo Soares, são os mais conhecidos.

Poema de 6 de Outubro:

Todas as Cartas de Amor são Ridículas
Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.
As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Álvaro de Campos, in “Poemas”

Facebook Comments

Comentários no Facebook