Acidentes rodoviários aumentam este ano, enquanto vítimas mortais diminuem

Acidentes rodoviários aumentam este ano, enquanto vítimas mortais diminuem

533
PARTILHE
Os distritos com o maior número de mortos são Lisboa, Aveiro, Porto e Setúbal, adiantam os dados da ANSR

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram 374 mortos este ano, menos 17 do que em igual período de 2015, mas os desastres aumentaram mais de 4%, num total de 105.356, segundo a Segurança Rodoviária.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que reúne dados da PSP e da GNR, indica que, entre 1 de Janeiro e 31 de Outubro, registaram-se 105.356 acidentes, mais 4.160 do que em igual período do ano passado, quando tinham ocorrido 101.196.

Por sua vez, o número de vítimas mortais diminuiu quase 5% este ano, registando-se 374 mortos, menos 4,1% do que no mesmo período de 2015.

Os distritos com o maior número de mortos são Lisboa (49), Aveiro (38), Porto (34) e Setúbal (32), adiantam os dados da ANSR.

Já Guarda (seis), Bragança e Vila Real (sete em cada um) são os distritos com menos mortos entre 1 de Janeiro e 31 de Outubro.

A Segurança Rodoviária indica também que, este ano, ficaram gravemente feridas 1.716 pessoas, menos 165 do que no mesmo período de 2015.

Também os feridos ligeiros diminuíram ligeiramente este ano ao sofrerem, até Outubro, ferimentos ligeiros 31.794 pessoas, contra os 32.289 registados em 2015.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook