Portimão testa resposta a acidente com matérias perigosas

Portimão testa resposta a acidente com matérias perigosas

671
PARTILHE
No decurso do simulacro existe libertação imediata de gasolina
No decurso do simulacro existe libertação imediata de gasolina

O Posto de Abastecimento da Raminha da BP Portugal foi o cenário escolhido pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Portimão para um exercício de gestão de emergência com a simulação de um acidente no transporte de matérias perigosas com derrame de produto. O simulacro vai decorrer amanhã, quinta-feira, a partir das 10 horas, e irá abranger também o Lar da Raminha do Centro de Apoio a Idosos de Portimão.

O exercício pretende testar e exercitar os procedimentos de resposta e sustentação das operações de protecção e socorro a uma ocorrência de acidente grave, considerando os riscos colectivos para o território municipal, e também a coordenação conjunta entre as entidades que detêm responsabilidades no planeamento e gestão de emergências, nomeadamente no âmbito da situação em causa. Em simultâneo, e no âmbito das suas políticas de prevenção e segurança, a BP Portugal irá também avaliar a capacidade de resposta das medidas de autoprotecção numa emergência simulada por parte do Posto de Abastecimento.

O posto BP na Raminha, em Portimão, será o cenário de uma colisão entre um veículo ligeiro de passageiros e um veículo cisterna de transporte de hidrocarbonetos que saía do local no momento. Após o acidente inicial, um veículo ligeiro de mercadorias desgovernado embate nos anteriores atropelando o condutor do veículo ligeiro que, entretanto, tinha saído da viatura, deixando um ocupante encarcerado. Na sequência da colisão foram ainda projectados dois ocupantes do terceiro veículo envolvido, bem como uma garrafa castanha, previsivelmente contendo Acetileno.

No decurso deste conjunto de acidentes existe libertação imediata de gasolina, provocando rapidamente um derrame de cerca de três mil litros no local que atingem os sistemas de drenagem exteriores das águas pluviais. No seguimento do derrame, começa a sentir-se no edifício adjacente ao posto – o Lar da Raminha do Centro de Apoio a Idosos de Portimão – um cheiro intenso a gasolina e os seus utentes têm de ser evacuados do local.

Este simulacro insere-se no plano operacional da rede de Retalho BP que anualmente realiza com os seus parceiros e respectivas autoridades um exercício que seja representativo dos riscos reconhecidos.

No exercício de 17 de Novembro, coordenado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Portimão, estarão envolvidos a Câmara de Portimão; a Autoridade Nacional de Protecção Civil, através do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro; os Corpos de Bombeiros de Portimão, Lagoa e Monchique; a Delegação de Portimão da Cruz Vermelha Portuguesa; o Destacamento Territorial de Portimão da Guarda Nacional Republicana; a Divisão Policial de Portimão da Policia de Segurança Pública; a Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão; a Transportadora TJA, S.A e o Centro de Apoio a Idosos de Portimão, através do Lar da Raminha, situado no perímetro do simulacro.

Facebook Comments

Comentários no Facebook