Itália vota hoje referendo sobre estrutura parlamentar e questões constitucionais

Itália vota hoje referendo sobre estrutura parlamentar e questões constitucionais

597
PARTILHE
Mateo Renzi aposta na reforma constitucional como forma de modernizar a política italiana e a própria itália
Mateo Renzi aposta na reforma constitucional como forma de modernizar a política italiana e a própria itália

As assembleias de voto italianas abriram hoje pelas 7 horas locais em Itália (6 da manhã em Lisboa) para receber os votos dos cerca de 51 milhões de cidadãos elegíveis para participar no referendo sobre a reforma constitucional do Governo de Matteo Renzi.

As urnas vão estar abertas até às 23 italianas (22 em Lisboa), quando começa a contagem dos votos.

Os italianos são chamados a referendar a reforma constitucional aprovada pelo Parlamento e que, entre outras coisas, retira a função legislativa ao senado, numa consulta que não necessita de nível mínimo de participação para que o resultado seja válido.

As atenções estão voltadas para as consequências do resultado dos votos, uma vez que Renzi vinculou inicialmente a sua continuidade à frente do Executivo à vitória no referendo.

Recorde-se que Mateo Renzi foi eleito em 2014 para substituir o também membro do Partido Democrático Enrico Letta, eleito após o consulado de Mario Monti tido como um Governo tecnocrata de resposta à crise em Itália,

Facebook Comments

Comentários no Facebook

Shopping cart

Total
Shipping and discount codes are added at checkout.
Checkout