Mostra Internacional de Cinema Social está de volta a Loulé

Mostra Internacional de Cinema Social está de volta a Loulé

995
PARTILHE
- PUB -
Monstrare
A mostra contará com uma componente de reflexão e debate para além das películas internacionais a exibir

A 3ª edição da Monstrare – Mostra Internacional de Cinema Social está de volta entre os dias 5 e 7 de Janeiro ao Cine-Teatro Louletano, com cinema dedicado a questões sociais e debates sobre os temas.

“Monstrare”, palavra latina que significa tornar algo visível, ou denunciar, dá novamente o mote para esta Mostra promovida pela Câmara  de Loulé / Loulé Film Office. Este é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo também o primeiro evento de cinema na Europa em 2017.

A mostra contará com uma componente de reflexão e debate para além das películas internacionais a exibir – “De Cabeça Erguida”, da actriz e realizadora francesa Emmanuelle Bercot, drama que abriu o Festival de Cannes em 2015, e o aclamado documentário “Human”, de Yann Arthus-Bertrand) -, encerrando com o espectáculo “Edge”, que cruza a dança inclusiva e o cinema, sendo assinado por Ana Rita Barata (coreografia) e Pedro Sena Nunes (filme).

O programa arranca com uma conferência sobre “Delinquência Juvenil: Respostas inclusivas”, no dia 5, pelas 18 horas, no bar do Cine-Teatro, moderada por Sandra Vaz, chefe de Divisão de Coesão Social e Saúde da Autarquia, e que tem como convidados Andreia Correia (Juíza Social), Alberto Correia (CPCJ de Loulé) e António Barão (Casa dos Rapazes).

Às 21 horas, é exibido “De Cabeça erguida”, filme de Emmanuelle Bercot com Catherine Deneuve, Rod Paradot e Benoît Magimel.

Um dos destaques da mostra vai para o documentário “Human”, exibido a partir das 20.30 horas de dia 6. Reúne vários testemunhos de pessoas de todo o planeta sobre situações das suas vidas. O realizador – Yann Arthus-Bertrand – teve como base entrevistas a mais de 2000 pessoas em 65 países. Na edição, foram escolhidas 110 entrevistas. Os temas abordados são, entre outros, o amor, a agricultura, a homossexualidade ou a migração.

Entre os entrevistados encontram-se personalidades conhecidas como Bill Gates, Ban Ki-moon, Cameron Diaz ou o ex-Presidente uruguaio José Mujica.

O documentário é antecedido por uma conferência sobre o tema, moderado por Luísa Martins, coordenadora da equipa de projecto da Cidade Educadora e da Promoção da Cidadania da Câmara de Loulé, tendo como convidados Nuno Pires (Chief Editor) e Graça Lobo (Programa Juventude Cinema Escola).

Às 21.30 horas, o Monstrare encerra com o espectáculo “Edge”, o filme documentário “2 and 2, are four” e uma conversa com o público.

“Edge” é um espectáculo de dança em forte interacção com o vídeo que teve a sua estreia em 2013, no âmbito do FRAGILE, projecto europeu que visou a integração de pessoas com deficiência visual nas artes performativas, numa parceria com instituições de Portugal, Inglaterra, Noruega e Estónia.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13 às 18 horas) ou através do email.

Facebook Comments

Comentários no Facebook