Escola Secundária de Loulé ruma a Martinica para desenvolver competências multimédia

Escola Secundária de Loulé ruma a Martinica para desenvolver competências multimédia

1748
PARTILHE
martinica2
O projecto pretende utilizar os dispositivos móveis e as suas aplicações simples como ferramentas motivadoras

Dez alunos e alguns professores da Escola Secundária de Loulé preparam-se para rumar a Martinica, território ultramarino insular Francês, no âmbito do projecto Erasmus+ financiado pela EU para desenvolver competências na área de “Sistemas de Posicionamento Global e Ferramentas para a Georreferenciação” e ainda na “Produção de Conteúdos Multimédia”.

A viagem insere-se uma parceria entre escolas de cinco países, Lycée professionnel la Trinité, Martinica, França, Escola Secundária de Loulé, Portugal, – Liceo Statale Principe Umberto, Sicilia, Itália, Pärnu Ühisgümnaasium, Estónia e Šolski center Krško-Sevnica, Eslovénia, para a Inovação e Boas Práticas, intitulado “Education au patrimoine via les parcours de santé”.

O projecto pretende utilizar os dispositivos móveis e as suas aplicações simples como ferramentas motivadoras e recursos educacionais para actividades práticas e experimentais, nomeadamente roteiros electrónicos de percursos educativos, que facilitem as visitas de estudo. O objectivo é tirar partido da eficiência e portabilidade crescentes das mais recentes TIC.

Os utilizadores da aplicação, professores, estudantes, e posteriormente o público em geral, poderão facilmente orientar-se nas saídas de campo, através de percursos georreferenciados que poderão ser percorridos a pé e/ou de bicicleta. Os roteiros incluirão ainda percursos alternativos para pessoas com mobilidade reduzida.

- Pub -

Depois de um primeiro encontro em Krško, na Eslovénia, bem sucedido, a parceria, durante 10 dias consecutivos, vai dar continuidade às actividades de educação e formação, desta vez, no Lycée professionnel da la Trinité, Martinica, na área de “Sistemas de Posicionamento Global e Ferramentas para a Georreferenciação” e ainda na “Produção de Conteúdos Multimédia”.

Os coordenadores de projecto vão também ter reuniões transnacionais, para avaliar as actividades em curso, reestruturar as planificações, testar ferramentas e disseminar o projecto junto das autoridades locais.

Portugal far-se-á representar pelos professores coordenadores Duarte Duarte, Ermelinda Travia e Paulo Ribeiro, pelos professores assistentes dos formadores franceses Ana Margarida Maria e Júlio Ribeiro, e ainda pelos alunos Nina Muchketat e Rafaela Guia (11º ano do Curso de Ciências e Tecnologias), Cíntia de São Vicente (2º ano do Curso Profissional Técnico de Turismo Ambiental e Rural), Carlos Grilo e Tomás Encarnação (2º ano do Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos).

Facebook Comments

Comentários no Facebook