Alunos de Lagoa pedem ‘equidade’ no Dia Escolar da Não-Violência

Alunos de Lagoa pedem ‘equidade’ no Dia Escolar da Não-Violência

683
PARTILHE
lagoa 3
O “Dia Escolar da Paz e da Não-Violência” foi instituído em 1964

Grupos de voluntários/activistas sociais – jovens estudantes das escolas do concelho de Lagoa que se ofereceram para ajudar os colegas – apelaram à “visão de partilha, equidade e cidadania activa”, no dia 30 de Janeiro, no âmbito do Dia Escolar da Paz e da Não-Violência.

O projecto “Portal B – Uma escola feliz é o que se quer” é uma parceria entre a Câmara de Lagoa, a Associação de Pais APELA XXI e os Agrupamentos de Escolas ESPAMOL e Rio Arade, “com o objectivo de preparar a comunidade educativa do concelho para agir na promoção de comportamentos saudáveis e na prevenção da violência em meio escolar (‘bullying’), ajudando a criar cidadãos interventivos e solidários, tendo como referência os princípios da Não-Violência e da Educação para a Paz”, refere a autarquia em nota de imprensa.

lagoa
O projecto “Portal B – Uma escola feliz é o que se quer” juntou as escolas de Lagoa

O acompanhamento técnico do projecto é da responsabilidade do PortalBullying.com.pt, plataforma de referência na área da prevenção do ‘bullying’ e da violência em meio escolar.

Em 1964, o poeta e educador espanhol LLorenç Vidal instituiu o “Dia Escolar da Paz e da Não-Violência”, no sentido de chamar a atenção de alunos, pais, professores e sociedade em geral para a não-violência, a paz, o respeito, a solidariedade e a cooperação entre todos.

lagoa 2
O acompanhamento técnico do projecto é da responsabilidade do PortalBullying.com.pt
- Pub -

Foi escolhido o dia 30 de Janeiro, data da morte de Mahatma Gandhi, que tinha como princípios a não-violência, a verdade e o amor e era defensor do “Satyagraha”, princípio de não-agressão em que se protesta de uma forma não violenta.

Facebook Comments

Comentários no Facebook