As relações comerciais do porto de Tavira confirmadas através da cerâmica

As relações comerciais do porto de Tavira confirmadas através da cerâmica

862
PARTILHE
Estudo das cerâmicas permite conhecer as relações comerciais de outrora
Estudo das cerâmicas permite conhecer as relações comerciais de outrora

O Museu Municipal de Tavira – Núcleo Islâmico vai receber no próximo sábado, dia 25 de Fevereiro, pelas 10.30 horas, a palestra “Evidência das relações comerciais do porto de Tavira através da cerâmica”, pela arqueóloga Sandra Cavaco, no âmbito do ciclo “Passeios na história de Tavira”.

Conforme explica a autarquia tavirense em comunicação de imprensa, “a vocação comercial e marítima de Tavira é amplamente conhecida. Ao seu porto chegavam as mais variadas mercadorias e dele partia toda uma diversidade de produtos locais. Recentes estudos de peças provenientes de escavações arqueológicas têm reforçado o conhecimento sobre as relações comerciais com diversos portos do Mediterrâneo, atestadas pelas diversas importações cerâmicas”.

“O declínio do porto nos finais do século XVI, mencionado na documentação da época, também se encontra confirmado pelos resultados do estudo das cerâmicas, já que o volume e a diversidade é, claramente, diminuto relativamente ao período anterior. Ainda assim conhecem-se exemplares holandeses e chineses”, remata.

“Passeios na História de Tavira” tem como finalidade dar a conhecer o passado da cidade, a paisagem urbana, os monumentos e as personagens históricas, bem como sensibilizar para a necessidade de proteger e valorizar a herança patrimonial.

- Pub -

A inscrição é gratuita e obrigatória e destina-se ao público em geral (número máximo de 30 participantes).

Os interessados devem preencher a ficha de inscrição e remeter ao Serviço Educativo do Museu Municipal de Tavira, através do e-mail edu.museus@cm-tavira.pt ou entregar na recepção do Museu Municipal de Tavira – Palácio da Galeria (de terça-feira a sábado, das 9 às 16.30 horas).

Mais informações através do número 281 320 500 (ext. 2308/9).

Facebook Comments

Comentários no Facebook