Decretada prisão preventiva para suspeito de matar adolescente em Aljezur

Decretada prisão preventiva para suspeito de matar adolescente em Aljezur

946
PARTILHE
Os factos remontam a Dezembro de 2014
Os factos remontam a Dezembro de 2014

O Tribunal de Lagos decretou esta sexta-feira a prisão preventiva para o homem suspeito de ter matado uma adolescente em Dezembro de 2014, em Aljezur, e que fugiu para a Roménia, onde foi detido, indicou o Ministério Público.

Numa nota publicada na sua página da internet, a Procuradoria da Comarca de Faro anunciou que o homem, de 35 anos, é suspeito da prática de crimes de homicídio qualificado, rapto e profanação de cadáver.

“Os factos remontam a Dezembro de 2014 e ocorreram em Aljezur. Existem suspeitas de que o arguido raptou e matou a filha da sua companheira, desferindo-lhe golpes na cabeça com um instrumento contundente. Terá também escondido o corpo e tentado apagar os vestígios do crime”, lê-se no documento.

Segundo a procuradoria, o arguido deixou Portugal e regressou à Roménia, de onde era natural e onde foi detido no âmbito de um mandado de detenção europeu emitido pelo Ministério Público.

- Pub -

O inquérito prossegue os seus termos na unidade de Lagos do Departamento de Investigação e Acção Penal de Faro, estando a investigação a ser realizada pela Polícia Judiciária.

Facebook Comments

Comentários no Facebook