Dois homens em prisão preventiva por furtos qualificados em Almancil

Dois homens em prisão preventiva por furtos qualificados em Almancil

764
PARTILHE
prisao-preventiva
O inquérito segue os seus termos na secção de Loulé do DIAP de Faro

O Tribunal de Loulé decretou prisão preventiva a dois homens detidos pela GNR na quarta-feira por suspeita de furtos em residências e lojas na zona de Almancil, na sua maioria de estrangeiros.

De acordo com a agência Lusa, os homens são suspeitos de integrarem um grupo suspeito de ter cometido “um elevado número de crimes de furto qualificado”, assaltando residências e estabelecimentos comerciais na área de Loulé, sobretudo em Almancil, “muitas delas pertencentes a estrangeiros”, lê-se no comunicado publicado pela procuradoria da Comarca de Faro no seu sítio de internet.

“Na maior parte das ocasiões, um ou vários dos detidos terão escalado os muros ou os portões, arrombado portas ou janelas e entrado nas casas, após o que retiravam o dinheiro e todos os valores que encontravam”, acrescenta o MP, sublinhando que, a um dos arguidos foram imputados 24 crimes de furto qualificado, enquanto a cada um dos outros foram imputados seis.

Dos três homens detidos na quarta-feira, refere a Lusa, apenas um não ficou em prisão preventiva, tendo sido proibido pelo tribunal de contactar os restantes dois e obrigado a apresentar-se periodicamente às autoridades.

- Pub -

O inquérito segue os seus termos na secção de Loulé do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Faro, com a investigação delegada na GNR.

Facebook Comments

Comentários no Facebook