Domingo Gordo com casa cheia no Carnaval de Loulé

Domingo Gordo com casa cheia no Carnaval de Loulé

3009
PARTILHE
Carnaval de Loulé 2017 2º Dia - C.M.Loulé - Mira (15)
Esta segunda-feira foi dia de descanso no Carnaval de Loulé mas os 15 carros alegóricos e os 700 figurantes voltam à Avenida na terça-Feira de Entrudo

A Avenida José da Costa Mealha foi pequena para receber os milhares de visitantes que estiveram este Domingo Gordo em Loulé para celebrar o Carnaval. De acordo com a organização, este terá sido um dos domingos com mais entradas em toda a história do corso, o que levou a um recinto completamente lotado.

Miúdos e graúdos, portugueses, mas também muitos estrangeiros, foliões com ou sem máscaras, com samba no pé ou apenas para apreciar a beleza dos 15 carros alegóricos, as muitas pessoas que vieram a Loulé nesta tarde solarenga contribuíram para mais um dia que certamente entrará para a história do mais antigo Carnaval do País.

Carnaval de Loulé 2017 2º Dia - C.M.Loulé - Mira (8)
De acordo com a organização, este terá sido um dos domingos com mais entradas em toda a história

O tema “Os Descobrimentos – A Grande Geringonça” foi interpretado pelos elementos das 10 colectividades que nesta edição participam no desfile – Associação Grupo dos Amigos de Loulé, Associação de Pais e Amigos da Ginástica de Loulé, Doina (Associação de Imigrantes Romenos e Moldavos do Algarve), Grupo Desportivo Barreiras Brancas, Ginástica Clube de Loulé, Motoclube de Loulé, Associação Artística Satori, Associação Existir, Fundação António Aleixo e Academia de Dança do Algarve.

Com coreografias originais e fatos criados pelos próprios grupos e pelas costureiras do atelier de costura da Câmara de Loulé, estas associações trouxeram o espírito que está bem presente desde o arranque do Carnaval de Loulé, em 1906, e que tem a ver precisamente com o envolvimento de toda a comunidade nesta festa.

Uma das tradições desde que este evento passou a ser organizado pela autarquia, a partir da década de 70, tem a ver com a presença do Brasil e das esculturais mulatas com corpos pintados e samba no pé. Este que é, de resto, um dos principais motivos para quem quer fotografar o desfile foi reforçado nesta edição com mais bailarinas que trazem consigo o calor, o ritmo dos batuques da bateria no corpo e a alegria contagiante do outro lado do Atlântico.

Screenshot_2
Os fatos foram criados pelos grupos e pelas costureiras do atelier de costura da Câmara de Loulé

Esta segunda-feira foi dia de descanso no Carnaval de Loulé mas os 15 carros alegóricos e os 700 figurantes voltam à Avenida na terça-Feira de Entrudo, a partir das 15 horas, para o dia encerramento. O preço das entradas é de 2 euros e as receitas irão reverter para IPSS do concelho e para as associações que desfilam no corso.

Facebook Comments

Comentários no Facebook