Joaquim Guerreiro alcança unanimidade na concelhia de Loulé do PSD

Joaquim Guerreiro alcança unanimidade na concelhia de Loulé do PSD

976
PARTILHE
joaquim guerreiro psd
Joaquim Guerreiro é a escolha dos militantes do PSD/Loulé para candidato à Câmara local

A votação de Joaquim Guerreiro para cabeça-de-lista à Câmara de Loulé nas eleições deste ano para as autarquia locais confirmou além de qualquer dúvida o nome do político social-democrata para a candidatura.

“Unanimidade e aclamação”, é assim que a concelhia louletana do PSD define o resultado do escrutínio que envolveu 150 militantes.

16602071_1201771136587948_9095330365565524588_o
150 militantes marcaram presença na votação para escolher o cabeça de lista à Câmara louletana

Nascido nesta cidade algarvia há 49 anos, a ligação à sua terra e às gentes de Loulé, foi-se fortalecendo ao longo do tempo, enquanto dirigente associativo e membro dos diversos órgãos autárquicos.

Desde a sua eleição para a Assembleia Municipal em 1993, passando pela assessoria e chefia do gabinete do então presidente da autarquia, Seruca Emídio, até à sua inclusão nas listas do PSD, como vereador, no mandato 2009-2013, todas estas experiências ajudaram a consolidar o seu profundo conhecimento do concelho louletano.

- Pub -

Licenciado em Gestão de Marketing e Publicidade, Joaquim Guerreiro, tem estado ligado à administração pública, causa que sempre soube representar com dignidade e elevado sentido profissional.

16716260_1201772689921126_537150983255304177_o
Momento da reunião partidária que confirmou o nome de Joaquim Guerreiro por “unanimidade e aclamação”

Actualmente é Diretor Delegado do Teatro Municipal de Faro – Serviços Municipalizados, tendo um percurso muito ligado à cultura, área para a qual muito contribuiu, enquanto percursor, entre outros, do Festiva MED (Loulé), da Noite Branca (Loulé), na reabilitação do Cine-teatro Louletano ou do Festival F (Faro) e o Alameda Beer Fest (Faro).

As propostas de Joaquim Guerreiro no momento em que parte para a corrida eleitoral

A nota biográfica acima, veiculada pela concelhia louletana na nota de  divulgação dos resultados da votação, acrescenta ainda que “quem o [a Juuauim Guerreiro] conhece sabe que é um homem que faz. É com esse empenho e sentido de missão que quer contribuir para que Loulé volte a ter um lugar de destaque. É necessário que os Louletanos voltem a sentir o seu concelho”.

O candidato a autarca lembrou no momento da escolha do seu nome para a lista do PSD em Loulé “que embora seja um desafio de risco, não poderia voltar as costas à responsabilidade de ajudar o seu concelho para que volte a ter uma política económica que traga investimento e que volte a gerar uma dinâmica, que, entretanto, se perdeu”.

16640655_1201777476587314_7114524265879082348_n
Candidato adiantou algumas das linhas mestras da sua candidatura à autarquia

O social-democrata garante também que “será muito sensível à política social, nomeadamente os seniores e as famílias, onde entende que a natalidade deve ser reconhecida e incentivada por parte da autarquia louletana”.

O regresso do ensino superior, entretanto perdido, será “uma ambição” de Joaquim Guerreiro, que “olha também para a economia verde e política de sustentabilidade como uma causa forte para os jovens deste concelho”.

No término do seu discurso, citado pela concelhia, o candidato prometeu “que fará uma campanha positiva, baseada na proximidade com as populações, sabendo ouvir, rua a rua, as sugestões e críticas, com o objectivo de apresentar uma candidatura solidária, coesa, unida e forte pelo concelho de Loulé”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook