Volta ao Algarve arranca em Albufeira

Volta ao Algarve arranca em Albufeira

1462
PARTILHE
Volta conta este ano com um dos melhores pelotões de sempre
Volta conta este ano com um dos melhores pelotões de sempre

A Volta ao Algarve de 2017 vai ter partida em Albufeira, no próximo dia 15, frente à câmara local, quando forem 12.20 horas, e chegada no alto do Malhão, quatro dias mais tarde, ou seja, a 19.

Antes da partida as equipas apresentam-se no final da manhã ao público de Albufeira, em espaço reservado para o efeito, frente ao edifício da Câmara. A transmissão televisiva em directo, pela Eurosport e pela TVI24, vai ajudar a promover a região enquanto destino turístico e aumentar a notoriedade da prova. A Eurosport vai transmitir em directo para 55 países, chegando a 68 milhões de lares. As incidências da corrida e as paisagens algarvias poderão ser vistas sempre na última hora de cada uma das etapas, ou seja, entre as 16 e as 17 horas.

De acordo com a Federação Portuguesa de Ciclismo, a 43.ª edição da prova mantém o perfil dos últimos anos, contando, tal como aconteceu em 2016, com duas etapas que deverão ser decididas ao ‘sprint’, um contra-relógio individual e duas chegadas em alto, entre as quais a quinta e última.

Depois da chegada a Lagos, na etapa inaugural, previsivelmente, destinada aos ‘sprinters’, os ciclistas terão de pedalar entre Lagoa e o alto Fóia, em Monchique, na segunda tirada, antes de cumprirem 20 quilómetros de um contra-relógio individual, em Sagres, no dia seguinte.

- Pub -

A quarta etapa da Volta ao Algarve, entre Almodôvar e Tavira, deverá ser, novamente, favorável a uma chegada em pelotão, antes de a corrida consagrar o seu vencedor no alto do Malhão, na quinta e última tirada, que parte de Loulé.

Volta ao Algarve é a prova de ciclismo mais importante no país

A Volta ao Algarve subiu este ano da categoria 2.1 para 2.HC da União Ciclista Internacional (UCI), passando a ser a prova de ciclismo mais importante no país na hierarquia do organismo que regula a modalidade, à frente, inclusive, da Volta a Portugal.

Este ano, a prova conta com dez equipas da ‘WorldTour’, quatro da ‘Continental Profissional’ e sete do terceiro escalão, seis delas portuguesas. A Efapel, LA Alumínios-Metalusa, Louletano-Hospital de Loulé, RP- Boavista, Sporting-Tavira e W52-FC Porto formam o grupo de equipas portuguesas na prova algarvia, que terá um total de 770,2 quilómetros, repartidos por cinco etapas. Completa este terceiro escalão a formação norte-americana da Rally Cycling. Astana (Cazaquistão), Bora-hansgrohe (Alemanha), Cannondale-Drapac (Estados Unidos), Dimension Data (África do Sul), FDJ (França), Katusha-Alpecin (Suíça), Lotto NL-Jumbo (Holanda), Lotto Suudal (Bélgica), Movistar (Espanha) e Quick-Step Floors (Bélgica) formam o grupo de ‘elite’ da Volta ao Algarve. Da categoria ‘Continental Profissional’ inscreveram-se a Caja Rural-Seguros RGA (Espanha), Gazprom-RusVelo (Rússia), Manzana Postobón (Colômbia) e Wanty-Groupe Gobert (Bélgica).

Etapas: 15 Fevereiro (1.ª Etapa) Albufeira-Lagos, 180,3 km | 16 Fevereiro (2.ª Etapa) Lagoa-Fóia (Monchique), 189,3 km | 17 Fevereiro (3.ª Etapa) Sagres-Sagres, 18 km | 18 Fevereiro (4.ª Etapa) Almodôvar-Tavira, 203,4 km | 19 Fevereiro (5.ª Etapa) Loulé – Malhão, 179,2 km.

Facebook Comments

Comentários no Facebook