Volta ao Algarve: Equipas algarvias terminam na primeira metade da tabela

Volta ao Algarve: Equipas algarvias terminam na primeira metade da tabela

1427
PARTILHE
A Sporting-Tavira fez um total de 57:28:18 horas, a 9 minutos e 11 segundos da vencedora Astana Pro Team
A Sporting-Tavira fez um total de 57:28:18 horas, a 9 minutos e 11 segundos da vencedora Astana Pro Team

A Sporting-Tavira e a Louletano-Hospital de Loulé terminaram a 43ª Volta ao Algarve, que chegou ao fim este domingo, dia 19, na 6ª e na 13ª posição, respectivamente, da classificação geral por equipas.

Num total de 25 equipas, 12 do WorldTour, as únicas equipas algarvias em prova chegaram ao final da 5ª etapa, que ligou Loulé ao Alto do Malhão, na primeira metade da tabela classificativa.

A equipa tavirense foi de resto a melhor portuguesa em prova, à frente da W52-FC Porto (8ª), Louletano-Hospital de Loulé (13ª), RP-Boavista (14ª), LA-Metalusa BlackJack (18ª) e Efapel (21ª)

A Sporting-Tavira fez um total de 57:28:18 horas, a 9 minutos e 11 segundos da vencedora Astana Pro Team, enquanto a Louletano-Hospital de Loulé totalizou 57:46:50 horas, a 27 minutos e 43 segundos da equipa do Cazaquistão.

(Fonte: www.voltaaoalgarve.com)
(Fonte: www.voltaaoalgarve.com)
Três ‘portugueses’ no top10 individual
- Pub -

Na classificação geral individual Amaro Antunes (W52-FC Porto), vencedor da 5ª e derradeira etapa da ‘Algarvia’ foi o melhor português, na quinta posição, seguido do ciclista da Sporting-Tavira, Rinaldo Nocentini, em 9º lugar, e de Edgar Pinto (LA-Metalusa BlackJack) em 10º.

Os ‘portugueses’ Alejandro Marque Porto (Sporting-Tavira), em 13º, David de La Fuente (Louletano-Hospital de Loulé), em 23º, Joaquim Silva (W52-FC Porto), em 26º, Vicente De Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), em 31º e Victor Etxeberria Carrasco (RP-Boavista), em 35º, fecham o top35 da Geral Individual (Amarela).

Na classificação geral por pontos, Amaro Antunes destaca-se no segundo lugar, com 38 pontos, menos 15 do que o Camisola Vermelha André Greipel, da Lotto Soudal, e mais 18 e 20 do que Vicente de Mateos (7º) e Rinaldo Nocentini (9º).

O vencedor da última etapa da Volta ao Algarve deste ano manteve-se ainda nos lugares cimeiros da classificação geral de Montanha (Azul). Com os mesmos pontos (10) do segundo classificado Daniel Martin e a sete do vencedor Juan Arboleda, o algarvio Amaro Antunes foi o melhor português na categoria.

Na classificação geral de Juventude (Branca), o primeiro ‘português’ surge no 9º lugar, com Xuban Errazquin (RP-Boavista).

Mateo Garcia Castañeda (20º), da Efapel, Luís Gomes (21º), da RP-Boavista, e Samuel Blanco Prol (23º), da LA-Metalusa BlackJack, fecham uma lista sem ciclistas das equipas algarvias.

A 43ª Volta ao Algarve, que terminou com a vitória do esloveno Primoz Roglic (Team Lotto NL-Jumbo), teve 772,8 quilómetros distribuídos por cinco etapas, disputadas por 200 corredores de 27 países.

(Com Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook