Festival MED anuncia primeiros nomes na BTL

Festival MED anuncia primeiros nomes na BTL

614
PARTILHE
Os 12 primeiros nomes do cartaz da 14ª edição do Festival MED foram ontem apresentados na Bolsa de Turismo de Lisboa
Os 12 primeiros nomes do cartaz da 14ª edição do Festival MED foram ontem apresentados na Bolsa de Turismo de Lisboa

A Câmara de Loulé, entidade organizadora do Festival MED, anunciou na passada quinta-feira, dia 16 de Março, os 12 primeiros nomes do cartaz da 14ª edição deste evento de World Music, no âmbito do programa promocional do concelho na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa.

Aos portugueses Ana Moura, Rodrigo Leão, Fábia Rebordão e Marta Ren, juntam-se o projecto luso-angolano Throes + The Shine, Rachid Taha (Argélia), Fanfare Ciocarlia (Roménia), BNegão (Brasil), Tout-Puissant Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (Benin), Canzoniere Grecanico Salentino (Itália), Akua Naru (Estados Unidos) e Mayra Andradde (Cabo Verde).

O Festival MED, que volta à Zona Histórica da cidade de Loulé, nos dias 29 e 30 de Junho e 1 e 2 de Julho, aposta de novo na diversidade musical e cultural, bem como na fusão da tradição e das novas tendências artísticas, nomeadamente no campo das artes plásticas, teatro, animação de rua, cinema, poesia ou literatura.

Ana Moura é a grande representante do fado na edição de 2017
Ana Moura é a grande representante do fado na edição de 2017

Durante quatro dias, vão passar pelos oito palcos mais de 250 músicos, 55 bandas de 20 nacionalidades diferentes, com mais de 75 horas de música.

- Pub -

Recorde-se que, ao longo dos anos, o Festival MED afirmou-se como um dos mais importantes festivais de World Music da Europa, sobretudo pelos nomes conceituados que traz a Loulé. Como reconhecimento tem recebido diversas nomeações para prémios nacionais e internacionais, tendo sido distinguido esta quinta-feira, em Barcelona, como o Melhor Festival de Média Dimensão da Península Ibérica, no âmbito dos Iberian Festival Awards.

Pelo Festival MED 450 bandas originárias de 41 nacionalidade

Durante 13 anos de existência já passaram pelo Festival MED 450 bandas originárias de 41 nacionalidades.

O MED tem contribuído fortemente para atrair mais turistas, promover o Algarve e o País. Em 2016, foi integrado pelo Turismo de Portugal na plataforma Portuguese Summer Festivals, restrita apenas a 8 festivais nacionais, e que constitui um veículo importante na promoção deste evento.

Os ritmos balcânicos regressam ao Festival MED através da Fanfare Ciocarlia
Os ritmos balcânicos regressam ao Festival MED através da Fanfare Ciocarlia

Com objectivo de consolidar e projetar ainda mais o MED no panorama internacional, nomeadamente na Europa, a organização decidiu propor a candidatura ao selo EFFE – Europe for Festivals – Festivals for Europe, o que credibiliza exponencialmente o Festival nos visitantes estrangeiros, atendendo a que estes representam mais de 40% do público do MED.

É também intenção da Câmara Municipal de Loulé em candidatar o MED ao Programa “Sê-lo Verde” em 2017, promovido pelo Ministério do Ambiente, tendo em vista incentivar a adopção de boas-práticas ambientais, inovadoras e com impacte ambiental, social, económico nos eventos de música, através do financiamento de medidas verdes a adoptar nos festivais. Entre algumas medidas que são candidatáveis, destaca-se a utilização do Copo Ecológico MED ou do Programa “Zero Desperdício”.

Todas as informações em https://www.facebook.com/festivalmedloule/

- Pub -