Três novas crias de lince nasceram em Silves (com vídeo)

Três novas crias de lince nasceram em Silves (com vídeo)

1800
PARTILHE
lince ibérico vídeo
Veja o vídeo do parto – CLIQUE NA IMAGEM PARA VER O VÍDEO

“O primeiro parto de linces ibéricos deste ano nos Centros de Cria do Programa de Conservação Ex Situ de Lince Ibérico teve lugar no passado dia 28 de Fevereiro”, revelou o Programa de Conservação Ex-Situ do Lince Ibérico.

Segundo a mesma fonte, “Biznaga, fêmea de 12 anos emparelhada com Drago de novo este ano, pariu três crias com vitalidade normal no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico, em Silves”, e assim somam-se já 17 crias filhas de Biznaga.

Duas das crias de Biznaga, já adultas, seguem em cativeiro após terem sido criadas pela equipa do CNRLI, nove foram soltas pelo Programa LIFE+ Iberlince, e três morreram no período neonatal.

Já Drago, o macho, contribuiu para o nascimento de 23 crias, tendo sete delas morrido no período neonatal, 10 reintroduzidas ao abrigo do Programa LIFE+ Iberlince, e três já adultas permanecem em cativeiro.

De acordo com a mesma fonte “esperamos que estas três, [nascidas no final do mês] se juntem aos animais a reintroduzir em 2018, ajudando a recuperar as populações de lince-ibérico na Península Ibérica.

Próximo parto deve ocorrer em Espanha

“É de esperar que o próximo parto no programa seja o de Haima no Centro de Cría de Zarza de Granadilla”, um dos centros congéneres espanhóis da instalação de Silves neste programa de conservação da natureza.

Este ano foram formados 23 casais nos cinco centros de reprodução em cativeiro, seis dos quais em Silves.

As estatísticas dos linces – Situação actual

Durante a época de reprodução de 2016 nasceram 58 crias em cativeiro, 48 das quais sobreviveram, sendo que 40 estão a ser preparadas para serem libertadas este ano.

Em Portugal a actual população de linces, de acordo com os dados estatísticos revelados pelo programa Life+IBERLINCE, relativos a 2016, soma 19 animais residentes no Vale do Guadiana. O efectivo português é reduzido face à soma total de 475 animais divididos entre os dois países da Península.

Facebook Comments

Comentários no Facebook