À mesa na Páscoa

À mesa na Páscoa

440
PARTILHE
- Pub -
Angela OeirasFormadora na Escola Hoteleira de V.R.S.A.bloggerwww.angelaoeiras.com
A OPINIÃO DE ANGELA OEIRAS
Formadora na Escola Hoteleira de V.R.S.A.
blogger
www.angelaoeiras.com

Já é do conhecimento geral muitos dos malefícios do açúcar (faz com que o nosso sistema imunitário fique mais fraco, é nocivo para o cérebro, rouba minerais aos ossos, está relacionado com problemas de depressão e ansiedade…) mas, infelizmente, encontra-se em todo o lado, pois além de estar presente na doçaria tradicional também está camuflado na maior parte dos alimentos processados.

Quando chegam as épocas festivas, como o Natal e a Páscoa, há sempre uma tendência para exagerarmos no açúcar, é uma tentação, pois toda a doçaria típica desta época é bastante doce e atractiva, no entanto, existem alternativas que nos permitem ingerir sobremesas e doces elaborados com ingredientes menos prejudiciais para o nosso organismo.

Este ano proponho uma Páscoa bem doce mas livre de açúcar, lácteos e farinhas refinadas, sem descuidarmos a nossa alimentação saudável enquanto atravessamos esta quadra festiva.

Ovinhos de tâmaras, ninho de cacau e amêndoa e panquecas de coelhinhos, além de deliciosos estes doces vão fazer as delícias de miúdos e graúdos.

Agora que lhe deixo propostas para as doçuras sem arrependimentos, boa Páscoa!

As receitas:
4 - ninho de cacauNinho de cacau e amêndoa
- Pub -

Mais uma proposta de um doce alternativo para compor a mesa desta época de festa e tradição. Amêndoas e cacau garantem à receita a doçura que se exige numa mesa festiva.

Ingredientes:

300 gr de farinha de espelta; 25 gr de farinha de amêndoa; 75 gr de óleo de grainha de uva (ou outro de boa qualidade); 1 chávena de chá de leite de arroz; 1 chávena de chá de água; 1 colher de sopa de fermento em pó biológico; 3 colheres de sopa de cacau puro biológico e 6 colheres de sopa de geleia de arroz ou 4 colhetes de sopa de mel e 1 colher de café de baunilha em pó.

Decoração:

Creme de cacau (cacau em pó dissolvido com um pouco de leite de arroz e mel); amêndoas filetadas e ovinhos de tâmaras e cacau.

Preparação:

Numa taça juntar todos os ingredientes secos (farinha de espelta, farinha de amêndoa, fermento em pó, baunilha e cacau) e misturar bem.

Adicionar os restantes ingredientes e ir misturando bem até obter uma massa homogénea.

Untar com óleo uma forma de ninho e polvilhar com cacau em pó (caso não tenha uma forma de bolo em forma de ninho, cozer o bolo numa forma de bolo redonda e depois de cozido cortar a parte interior do bolo de maneira a formar um ninho).

Levar a cozer ao forno pré-aquecido a 180º durante 25 minutos.

Retirar do forno, deixar arrefecer e desenformar.

Quando o bolo estiver frio, colocar num prato e untar as laterais com um pouco de creme de cacau, pegar as amêndoas filetadas na lateral e interior do ninho e decorar com os ovinhos de tâmaras e cacau.

4 - ovinhos de tamarasOvinhos de tâmaras e cacau

Os sempre tradicionais ovos da Páscoa fazem as delícias de pequenos e graúdos e são uma das mais fortes tradições da doçaria da época pascal.

Entre tantas outras propostas que compõem a doçaria típica desta época festiva, os ovos da Páscoa são imprescindíveis à boa mesa, amêndoas e tâmaras podem ser uma opção para ovos menos carregados de chocolate e açúcares processados sem perder o doce encanto e sabor do cacau.

Ingredientes:

80 gr de amêndoas

160 gr de tâmaras

2 colheres de sopa de cacau em pó

1 colher de sopa de geleia de arroz ou ½ de colher de sopa de mel

Preparação:

Colocar as amêndoas e as tâmaras (sem caroço) num triturador (123, Bimby, liquidificador…) e triturar até obter uma pasta.

Juntar o cacau em pó e a geleia de arroz ou o mel e voltar a triturar.

Quanto mais tempo triturar esta pasta mais as amêndoas e as tâmaras vão soltando a sua gordura natural e mais fácil será moldar os ovinhos, além de que também ficarão com mais brilho e ficarão mais parecidos aos tradicionais ovos de chocolate.

Com a pasta obtida moldar bolinhas e depois alongá-las para obter a forma de um ovo pequeno.

Guardar no frigorífico dentro de uma caixinha ou comer de imediato, pois são deliciosas.

4 - coelhosCoelhos de panquecas com fruta

Sempre os fiéis amigos da Páscoa, os coelhos, desta vez numa proposta saudável para o início do dia.

As panquecas reinventadas com a fruta a marcar presença, numa decoração apelativa e irresistível aos olhos dos mais novos da família.

Ingredientes:

Ingredientes:

1 chávena de farinha de espelta

1 colher sopa de mel

1 colher sopa de fermento em pó biológico

1 colher de chá de sal

1 chávena de leite vegetal (arroz, amêndoa, etc…)

1 e 1/2 colheres sopa de óleo

1 colher chá de extracto de baunilha

Decoração:

Banana; morango; manga e pepitas de chocolate

Preparação:

Numa tigela juntar a farinha com o fermento e a baunilha e misturar bem.

Adicionar o mel, o óleo e o leite vegetal e misturar durante um ou dois minutos, de modo a obter uma massa de panquecas.

Se a massa ficar muito líquida juntar um pouco mais de farinha, se a massa ficar muito grossa juntar um pouco mais de leite.

Quando a massa estiver pronta, ligar o fogão e aquecer uma frigideira antiaderente.
Colocar aos poucos uma quantidade da massa e esperar que fique firme, quando as laterais estiverem douradinhas e a massa começar a soltar da frigideira é o momento de virar a massa do outro lado.

Para formar os coelhos, fazer uma panqueca grande para formar a cara e duas mais pequenas para formar as bochechas.

Retirar para um prato, e decorar com as frutas conforme se vê nas fotos.

(Artigo publicado na edição de Abril do caderno Semear Saúde)