AMN pede precaução nas idas à praia durante a Páscoa

AMN pede precaução nas idas à praia durante a Páscoa

439
PARTILHE
- Pub -
Nadadores-salvadores ISN
As praias ainda não têm vigilância na grande maioria dos casos

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) aconselha todos aqueles que frequentem as praias nesta altura, a adoptarem uma cultura de segurança activa, redobrando os cuidados junto à linha de água.

O alerta da AMN surge quando segundo esta entidade “a previsão meteorológica para o período das férias escolares da Páscoa indica condições favoráveis à prática balnear”.

A instituição sublinha que “a Época Balnear de 2017 ainda não se iniciou, encontrando-se as praias sem vigilância e sinalização. Assim, alerta-se para o perigo de se adotarem comportamentos de risco, devendo as medidas prevenção e segurança serem respeitadas com maior rigor”.

Caso frequente a praia, diz Autoridade Marítima Nacional, “aconselha-se o seguinte: não vire as costas ao mar nem caminhe na areia molhada. A areia molhada constitui um sinal que a água chegou recentemente àquele local, havendo o risco nessa zona de ser arrastado por um eventual golpe de mar mais severo; mantenha as crianças sob permanente vigilância e não as deixe brincar na zona de areia molhada nem junto à linha de água; tenha especial atenção quando entrar na água, tendo em conta que os perfis de gradiente (declive) das praias ainda não estão suavizados, existindo condições mais favoráveis para se formarem agueiros; lembre-se que a temperatura da água do mar é ainda muito baixa, pelo que potencia o choque térmico e, em caso de dúvida relativamente ao estado do mar ou caso não saiba nadar, não arrisque e evite entrar na água.

Para sua segurança, a Autoridade Marítima Nacional alerta para o cumprimento das regras de segurança, devendo ser mantida, permanentemente, uma atitude preventiva junto à linha de costa.

- Pub -