Campanha DECO do caso Volkswagen

Campanha DECO do caso Volkswagen

348
PARTILHE
Os consumidores europeus continuam a aguardar a intervenção da marca para corrigir as acções fraudulentas

Questão:

“Caso Volkswagen – Para quando a resolução dos casos europeus?”

A DECO responde…

Volvido mais de um ano desde o escândalo Volkswagen com a fraude das emissões poluentes o problema tarda em ser resolvido na Europa.

Os consumidores europeus continuam a aguardar a intervenção da marca para corrigir aquelas acções fraudulentas. Assim, para que estas não caiam em esquecimento e para que seja dado um tratamento igual aos consumidores afectados, e por forma a que situações semelhantes não voltem a ocorrer, foi lançada a campanha www.querojustica.pt

Ao indemnizar os consumidores americanos que enganou e não se disponibilizando para compensar da mesma forma os consumidores europeus, que também defraudou, a Volkswagen gera uma inadmissível desigualdade de tratamento.

Em simultâneo, nos últimos meses têm-se sucedido notícias sobre a manipulação de emissões praticadas por outras marcas.

Assim, a campanha, criada pela DECO Proteste e outras Instituições europeias, reivindica para os europeus uma actuação equivalente à que foi acordada com as autoridades norte-americanas e medidas concretas para punir as marcas que manipulam os testes de emissões poluentes. À semelhança de Portugal, as suas congéneres processaram a fabricante alemã.

Alguns países, noutros continentes, já impuseram multas aos construtores visados e proibiram a venda de alguns modelos. Na Europa, no entanto, continuamos, a assistir à absoluta inércia das autoridades.

A protecção do Ambiente, para a indústria automóvel, não pode ser considerada um valor sem importância, devendo, antes, representar um entrave à venda dos modelos mais poluentes.

Não se trata de proteger, apenas, a qualidade de vida das gerações atuais, trata-se de preservar o planeta para as gerações futuras.